PÁGINAS  
   ENQUETE  
Qual a sua preocupação com o meio ambiente?
Utiliza as lixeiras de coleta seletiva?
Tem o hábito de reciclar lixo diariamente?
Economiza energia?
Consome marcas ecologicamente corretas?


   PUBLICIDADE  
   ESTATISTICAS  
Total de Visitas: 7668479
 Online Agora: 15
Memória
Postada por:  Redação (Carmen Lúcia Marini Vieira Júlio),  em  18/06/2021 às 17h23
Compartilhar no Orkut Comentários ( 0 ) Comentar Link: Fonte
A devoção ao Mártir São Manuel

18/06/2021 às 17h23

*Adriano Toledo Paiva - Autor do livro “Os indígenas e os Processos de Conquista dos Sertões de Minas Gerais”

São Manuel viveu no período da expansão do Cristianismo no Império Romano, meados do século IV, tendo atuado como um emissário nas negociações da paz entre a Pérsia e Roma. Naquele momento, o Imperador Juliano resgatava práticas religiosas e rituais da cultura romana, porque não concordava com os pactos de outros líderes com o Cristianismo. O governante não aceitou as negociações com essa embaixada cristã e mandou castigar seus integrantes por muitos dias. Manuel foi condenado a ter um cravo de ferro espetado em cada lado do peito e um outro atravessando-lhe a cabeça de ouvido a ouvido. A data provável da morte destes embaixadores foi no dia 17 de junho de 362.

Com a expansão marítima e comercial Ibérica, a devoção a São Manuel passou a ser associada à evangelização de povos ainda não cristianizados, tais como: os povos da África, Ásia e aos indígenas das Américas. São Manuel tornava-se uma representação de disseminação do cristianismo e do triunfo de Cristo sobre outras práticas religiosas.

Desta maneira, São Manuel foi o santo escolhido para padroeiro da paróquia que seria fundada às margens do Rio Pomba e Rio do Peixe para catequese dos povos indígenas das etnias Coropós e Coroados. Em 1767, o Governador da Capitania das Minas, Dom Luiz Diogo Lobo da Silva, requereu ao Bispado de Mariana um sacerdote para atuar na construção de uma freguesia nos sertões do Rio Pomba, com o objetivo de “reduzir ao grêmio da Igreja os índios bravos”. O Cabido aprovou o mulato Manuel de Jesus Maria, nascido de ventre escravo, presbítero do Hábito de São Pedro, natural da Freguesia de Santo Antônio da Casa Branca (Glaura), do Bispado de Mariana, para o desempenho destas diligências. O sacerdote era filho natural de João Antunes, homem branco, e de Maria, escrava de nação Angola. O Padre Manuel de Jesus Maria foi pároco da freguesia de Rio Pomba por mais de 40 anos (1767-1811).

O santo escolhido como padroeiro da paróquia é uma devoção pessoal do primeiro padre da Freguesia, que possui o seu mesmo nome, assim como homenageia o primeiro bispo de Mariana, Dom Frei Manuel da Cruz, falecido no período próximo (1764) aos projetos de fundação da freguesia de Rio Pomba.

O mártir São Manuel ainda é um santo muito louvado entre os espanhóis e portugueses. Em algumas vilas e cidades de Portugal, as festas de Santo Antônio (13 de junho) conectam-se com as festividades de São Manuel, celebrando as festas do fim da primavera e início do verão. Essas comemorações são muito populares e tradicionais em Portugal, e também configuram um importante legado devocional e de prática espiritual de nossa colonização. As festividades em homenagem ao Mártir São Manuel são constantes em nosso município desde a construção paroquial em 1767, portanto, integram o nosso rico patrimônio cultural.

 *Rio-Pombense e Doutor em História pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Adriano atendeu a solicitação da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte, Lazer e Turismo na divulgação de seu histórico texto em homenagem ao Padroeiro e pela data comemorativa dos 250 anos da Instalação Canônica da Paróquia São Manoel






Avaliação (Vote clicando) - 0 voto(s)
 (0.00)
12345678910

Deixar Comentário

[ 0 ] comentário(s)

Nenhum Comentário ou aguardando aprovação



 
.:: Mais Notícias sobre Memória
18/06/2021
A devoção ao Mártir São Manuel
20/05/2021
“O 5G não é um ‘G’ a mais. É uma nova tecnologia que vem para revolucionar”, diz...
15/01/2021
Os 300 Anos de Minas culminam com descoberta de obra do Aleijadinho em Rio Pomba
14/12/2020
RESTAURADORES DESCOBREM UMA NOVA OBRA DO ALEIJADINHO EM RIO POMBA
06/05/2020
Relíquia da Casa Antiga
01/08/2019
Após 50 anos da ida do homem à lua, empresas ganham espaço em nova corrida espa...
28/05/2013
HOSPITAL SÃO VICENTE DE PAULO DE RIO POMBA
31/03/2009
Rio Pomba chora a morte de Lola
17/03/2009
Luz Electrica - Ed. 1 - 4 de agosto de 1918
17/03/2009
Editorial - Edição Nº1 - 4 de agosto de 1918
17/03/2009
Fatos que marcaram o passado da história do jornal
   PUBLICIDADE  
 
 
 
 
   
   
® O Imparcial
Rua Quirico Marini, 55 - Rio Pomba - Minas Gerais
Telefone: 32-3571-1822 / E-mail: jornal.oimparcial@uol.com.br