PÁGINAS  
   ENQUETE  
Qual a sua preocupação com o meio ambiente?
Utiliza as lixeiras de coleta seletiva?
Tem o hábito de reciclar lixo diariamente?
Economiza energia?
Consome marcas ecologicamente corretas?


   PUBLICIDADE  
   ESTATISTICAS  
Total de Visitas: 6828629
 Online Agora: 31
Nacionais
Postada por:  Redação (Carmen Lúcia Marini Vieira Júlio),  em  27/04/2021 às 23h14
Compartilhar no Orkut Comentários ( 0 ) Comentar Link: Fonte
Renan ataca ações do governo, fala em "agenda da morte" e prega CPI isenta

27/04/2021 às 23h14

Luciana Amaral

Do UOL, em Brasília

 

Indicado como relator da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Covid, Renan Calheiros (MDB-AL) criticou ações do governo federal, como a designação de militares à frente do Ministério da Saúde em meio à pandemia da covid-19, e falou que "nossa cruzada será contra a agenda da morte".

O senador pregou isenção e imparcialidade à frente do trabalho no colegiado e negou que a CPI será uma "inquisição". No entanto, falou que eventuais culpados devem "ser punidos imediatamente e emblematicamente”.

"Não foi por acaso o flagelo divino que nos trouxe a esse quadro [na pandemia]. Há responsáveis, evidentemente; há culpados por ação, omissão, desídia ou incompetência; e eles, em se comprovando, serão responsabilizados. Essa será a resposta para nos conectarmos com o planeta. Os crimes contra a humanidade não prescrevem jamais e são transnacionais. Milosevic e Augusto Pinochet são exemplos da história. Façamos a nossa parte", declarou.

"Podemos preservar vidas e temos a obrigação de fazer justiça, de apontar, com responsabilidade, equilíbrio e provas, os culpados por esta hecatombe. Quem fez e faz o certo não pode ser equiparado a quem errou. O erro não é atenuante; é a própria tradução da morte. O país tem direito de saber quem contribuiu para as milhares de mortes, e eles devem ser punidos imediatamente e emblematicamente", acrescentou pouco depois.

Renan criticou fortemente o fato de um militar ter comandado o Ministério da Saúde no enfrentamento à pandemia, no caso, o general Eduardo Pazuello, e disse que o resultado fala por si só.

"O que teria acontecido se tivéssemos enviado um infectologista para comandar nossas tropas [na Segunda Guerra Mundial]? Provavelmente um morticínio, porque guerras se enfrentam com especialistas, sejam elas guerras bélicas ou guerras sanitárias. A diretriz é clara: militar nos quartéis e médicos na saúde. Quando se inverte, a morte é certa, e foi isso que lamentavelmente parece ter acontecido. Temos que explicar como, por que isso ocorreu."

Ao longo de sua fala, Renan fez outras críticas indiretas ao governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Renan citou ter "repugnância ao fascismo" ao dizer que intimidações "sob qualquer modalidade e arreganhos não nos deterão".

E, segundo o senador, a CPI será "santuário" da ciência.

"O negacionismo em relação à pandemia ainda terá de ser investigado e provado, mas o negacionismo em relação à CPI da Covid já não resta a menor dúvida", falou.






Avaliação (Vote clicando) - 0 voto(s)
 (0.00)
12345678910

Deixar Comentário

[ 0 ] comentário(s)

Nenhum Comentário ou aguardando aprovação



 
.:: Mais Notícias sobre Nacionais
04/05/2021
Lançada campanha Maio Amarelo
27/04/2021
Renan ataca ações do governo, fala em "agenda da morte" e prega CPI isenta
27/04/2021
Fhemig abre novas vagas de emergência para profissionais de saúde
26/04/2021
Cancelamento do Censo Demográfico fere legislação e prejudica população, aponta ...
22/04/2021
Dia do Planeta Terra: é preciso promover a sustentabilidade
22/04/2021
Especialista ambiental afirma que o Brasil é solução para o combate das mudanças...
08/04/2021
Dia Mundial da Saúde reforça a importância da prática de exercícios físicos e bo...
05/04/2021
Ministério destina quase R$ 11 milhões em programas de educação profissional, em...
30/03/2021
No exterior, troca de ministros leva ao temor de que caos político aprofunde cri...
24/03/2021
Brasil ultrapassa 300 mil mortos pela covid um dia após ter recorde diário
23/03/2021
Carta aberta ao presidente da República
15/03/2021
Primeiras doses de vacina serão entregues pela Fiocruz
12/03/2021
Boletim Epidemiológico Diário COVID-19, em 12/03/2021
08/03/2021
Governo disponibiliza 3 mil vagas em cursos de qualificação para mulheres
01/03/2021
IBGE abre inscrições para recenseador e agente censitário
27/02/2021
Sucesso na parceria Brasil e China: lançamento do satélite Amazônia 1
22/02/2021
Concerto pelos 120 anos do Instituto Butantan será transmitido ao vivo pela Inte...
19/02/2021
A FORÇA DO PETRÓLEO
10/02/2021
A vacina COVID-19 e o fim da pandemia
09/02/2021
Com ou sem feriado, Carnaval é motivo de alerta para infectologistas nos cuidado...
   PUBLICIDADE  
 
 
 
 
   
   
® O Imparcial
Rua Quirico Marini, 55 - Rio Pomba - Minas Gerais
Telefone: 32-3571-1822 / E-mail: jornal.oimparcial@uol.com.br