PÁGINAS  
   ENQUETE  
Qual a sua preocupação com o meio ambiente?
Utiliza as lixeiras de coleta seletiva?
Tem o hábito de reciclar lixo diariamente?
Economiza energia?
Consome marcas ecologicamente corretas?


   PUBLICIDADE  
   ESTATISTICAS  
Total de Visitas: 7869332
 Online Agora: 16
Redação
Postada por:  Redação (Carmen Lúcia Marini Vieira Júlio),  em  22/09/2020 às 18h42
Compartilhar no Orkut Comentários ( 0 ) Comentar Link: Fonte
Chegada da Primavera

22/09/2020 às 18h42

Da Redação

As chuvas deram boas vindas à Primavera – estação das belas cores – que se iniciou na manhã de hoje, 22 de setembro. Alguns municípios já registraram chuvas desde a noite de domingo (20), quando o sistema frontal chegou à região.

Depois de mais de 90 dias sem chuvas significativas, a passagem de uma frente fria sobre o litoral da Região Sudeste trouxe as primeiras pancadas da primavera na Zona da Mata e no Campo das Vertentes. As temperaturas começaram a sofrer declínio, e segundo a previsão do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), as temperaturas vão variar entre 15 e 20 graus durante o dia, mas o céu nublado e a instabilidade meteorológica devem permanecer durante a semana. A umidade relativa do ar fica entre 40% e 75% na região, mantendo o tempo seco e quente, com chuvas abaixo da média em quase todas as regiões de Minas.

DIA DA ÁRVORE – Ontem (21) foi comemorado o Dia da Árvore. Em Minas Gerais, como em alguns estados brasileiros, uma das mais claras ameaças às árvores, sejam plantadas ou nativas, são os incêndios florestais, causados, em sua maioria, pelo próprio homem.

O Prof. Marcus Nakagawa, professor e coordenador do Centro ESPM de Desenvolvimento Socioambiental (CEDS) e palestrante sobre sustentabilidade, empreendorismo, estilo de vida e vencedor do Prêmio Jabuti 2019, assim descreve a respeito do desmatamento da Amazônia e as queimadas no Pantanal: - O desmatamento na Amazônia cresceu 34% de agosto de 2019 a julho de 2020 em comparação com o mesmo período anterior, segundo as informações provenientes do Deter, programa do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais). O valor total da área desmatada entre agosto de 2018 e julho de 2019 já havia sido superado este ano, no início de junho. Os dados do mês de julho de 2020 revelam uma destruição no bioma considerável, isto é, são mais de 1500 km² devastados em 30 dias. De fato, estamos perdendo, aos poucos, nossa biodiversidade e se continuarmos nesse ritmo, corremos grande risco de zerarmos nossa maior reserva natural do mundo, que exerce grande influência na regulação climática mundial. - Já no Pantanal, áreas queimadas ultrapassam dois milhões de hectares, tamanho referente a 10 vezes as cidades de São Paulo e Rio de Janeiro juntas. De acordo com o Inpe, de janeiro até agora mais de 25,4 mil focos de calor foram registrados. O número é 29% maior do que no mesmo período do ano passado. E o resultado disso pode ser devastador se não começarmos a preservarmos estes locais. E afirma: “Por isso é de extrema importância reforçar e promover ações que visem ao meio ambiente e traga conscientização a todos. O Dia da Árvore tem servido justamente para fazer com que possamos mudar nossos pensamentos, hábitos e consumos, tanto dentro de casa, como em um ambiente organizacional. Uma boa maneira de começar a fazer isso é plantando uma árvore, por exemplo. É preciso pensar no futuro que queremos deixar para a próxima geração e preservar a riqueza de recursos que temos hoje para não faltar amanhã.”

É imprescindível haver conscientização do país para a preservação das florestas e da biodiversidade, desenvolvendo ações de prevenção e combate a incêndios florestais, pautadas na conscientização da população, especialmente voltada para comunidades nos entornos dessas florestas. Os incêndios florestais provocam danos irreversíveis, tais como: perda de vidas (humanas e dos animais), moradias, empobrecimento de solo, alteração climática, doenças respiratórias, perda de água, entre outros desastres. Por isso a importância de mobilizar esforços, despertar a consciência das pessoas e atuar junto aos órgãos ambientais para reverter esta triste realidade mineira.


 


 


 






Avaliação (Vote clicando) - 0 voto(s)
 (0.00)
12345678910

Deixar Comentário

[ 0 ] comentário(s)

Nenhum Comentário ou aguardando aprovação



 
.:: Mais Notícias sobre Redação
25/06/2021
O IMPARCIAL ENCERRA SUAS ATIVIDADES JORNALÍSTICAS PROJETANDO EM SUA PÁGINA O ACE...
18/06/2021
Paróquia São Manoel festejou seu Padroeiro
18/06/2021
Teatro de Câmara de Guarani
08/05/2021
Mãe: O bem mais precioso que temos
08/04/2021
Dia da Lola – 22 anos de sua partida
11/03/2021
Imunização contra a Covid-19 no município
10/03/2021
Governo de Minas cria a onda roxa para o Programa Minas Consciente
27/02/2021
Centro Cultural promove a 1ª Mostra de Artes
22/02/2021
Campanha de combate à dengue no Município
17/02/2021
Ministério da Saúde prevê receber 192 milhões de doses de vacina até j...
13/02/2021
Vacinação para Idosos acima de 90 anos
16/11/2020
Novos eleitos de Rio Pomba
22/09/2020
Chegada da Primavera
24/08/2020
Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla
03/07/2020
Câmara Municipal inicia obra de sua futura sede
03/07/2020
Brasil chega à marca de 1,5 milhão de casos confirmados de Covid-19
29/06/2020
Estado amplia medidas restritivas a municípios
16/06/2020
Festividades do Padroeiro
16/06/2020
Governo Federal está colocando mais de 130 mil vidas em risco com corte na verba...
08/06/2020
Flexibilização de setores empresariais na cidade
   PUBLICIDADE  
 
 
 
 
   
   
® O Imparcial
Rua Quirico Marini, 55 - Rio Pomba - Minas Gerais
Telefone: 32-3571-1822 / E-mail: jornal.oimparcial@uol.com.br