PÁGINAS  
   ENQUETE  
Qual a sua preocupação com o meio ambiente?
Utiliza as lixeiras de coleta seletiva?
Tem o hábito de reciclar lixo diariamente?
Economiza energia?
Consome marcas ecologicamente corretas?


   PUBLICIDADE  
   ESTATISTICAS  
Total de Visitas: 8254837
 Online Agora: 12
Nacionais
Postada por:  Redação (Carmen Lúcia Marini Vieira Júlio),  em  05/05/2020 às 16h55
Compartilhar no Orkut Comentários ( 0 ) Comentar Link: Fonte
Bolsonaro nomeia Rolando Alexandre de Souza, braço direito de Alexandre Ramagem, para diretoria da PF
Rolando Alexandre de Souza era secretário de Gestão e Planejamento da Agência Brasileira de Inteligência (Abin)

05/05/2020 às 16h55

Repórter Daniel Marques

Impedido pelo Supremo Tribunal Federal (STF) de nomear Alexandre Ramagem para a diretoria geral da Polícia Federal, o presidente Jair Bolsonaro nomeou na segunda-feira (4) o delegado Rolando Alexandre de Souza para o cargo. Visto como braço direito de Ramagem, Souza ocupava a posição de secretário de Gestão e Planejamento da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), cargo que detinha a convite do colega diretor da Abin. 

A nomeação vem cinco dias depois da decisão do ministro do STF Alexandre de Moraes de suspender a nomeação de Ramagem e vem dar um novo capítulo para a polêmica em torno da substituição de Mauricio Valeixo, que culminou na demissão do ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro. Valeixo tinha a confiança do ex-ministro e sua substituição foi vista como uma forma do presidente interferir em investigações sobre seus filhos. Essa versão foi negada pelo presidente, apesar dele ter assumido que queria receber informações privilegiadas sobre investigações. Ramagem, o indicado para herdar o cargo, é próximo da família de Bolsonaro.

Na semana passada, Bolsonaro havia dito que iria recorrer da decisão do STF de barrar a nomeação de Ramagem, o que acabou não se concretizando. Para Bolsonaro, Alexandre de Moraes tinha motivação política.

Em sua carreira na Polícia Federal, o novo diretor geral da instituição, Rolando Alexandre de Souza, também foi chefe do Serviço de Repressão a Desvio de Recursos Públicos e passou pela Divisão de Combate a Crimes Financeiros e pela superintendência em Rondônia. 






Avaliação (Vote clicando) - 0 voto(s)
 (0.00)
12345678910

Deixar Comentário

[ 0 ] comentário(s)

Nenhum Comentário ou aguardando aprovação



 
.:: Mais Notícias sobre Nacionais
21/06/2021
Polêmica sobre origem da Covid esquenta após imagens de morcegos no que seria la...
15/06/2021
SAÚDE/DOAÇÃO DE SANGUE
15/06/2021
Com crise hídrica, Aneel já estima alta de 5% nas contas de luz do ano que vem
11/06/2021
12 de junho é o Dia Nacional de Combate ao Trabalho Infantil
04/06/2021
PEC DA REFORMA ADMINISTRATIVA
18/05/2021
Reciclar é preciso, inclusive durante a pandemia
18/05/2021
Maio Amarelo: 31.945 vidas perdidas
11/05/2021
PJe Criminal avança e chega a mais 51 comarcas na terça-feira (11/5)
11/05/2021
TV digital será ampliada para municípios do interior do país
04/05/2021
Lançada campanha Maio Amarelo
27/04/2021
Renan ataca ações do governo, fala em "agenda da morte" e prega CPI isenta
27/04/2021
Fhemig abre novas vagas de emergência para profissionais de saúde
26/04/2021
Cancelamento do Censo Demográfico fere legislação e prejudica população, aponta ...
22/04/2021
Dia do Planeta Terra: é preciso promover a sustentabilidade
22/04/2021
Especialista ambiental afirma que o Brasil é solução para o combate das mudanças...
08/04/2021
Dia Mundial da Saúde reforça a importância da prática de exercícios físicos e bo...
05/04/2021
Ministério destina quase R$ 11 milhões em programas de educação profissional, em...
30/03/2021
No exterior, troca de ministros leva ao temor de que caos político aprofunde cri...
24/03/2021
Brasil ultrapassa 300 mil mortos pela covid um dia após ter recorde diário
23/03/2021
Carta aberta ao presidente da República
   PUBLICIDADE  
 
 
 
 
   
   
® O Imparcial
Rua Quirico Marini, 55 - Rio Pomba - Minas Gerais
Telefone: 32-3571-1822 / E-mail: jornal.oimparcial@uol.com.br