PÁGINAS  
   ENQUETE  
Qual a sua preocupação com o meio ambiente?
Utiliza as lixeiras de coleta seletiva?
Tem o hábito de reciclar lixo diariamente?
Economiza energia?
Consome marcas ecologicamente corretas?


   PUBLICIDADE  
   ESTATISTICAS  
Total de Visitas: 8019571
 Online Agora: 18
Crônicas Aristides Souza
Postada por:  Redação (Carmen Lúcia Marini Vieira Júlio),  em  28/02/2020 às 19h44
Compartilhar no Orkut Comentários ( 0 ) Comentar Link: Fonte
Carnaval 2020 em Rio Pomba

28/02/2020 às 19h44

Aristides Souza Gomes

Findo o período carnavalesco, devemos fazer um balanço desses 05 dias de folia (21/2502), em que tivemos os já tradicionais blocos da Cana (22/23/01), e o do Pinico (24.02), os quais, anualmente, arrastam um maior número pessoas, de todas as faixas etárias, desfilando ao longo da avenida Dr. José Neves, vindo a se dispersarem ao tomar nossa praça principal, a qual vira um verdadeiro mar de foliões.

Outros blocos contendo menor número de participantes também saem pelas ruas centrais da cidade, dentro do espírito de paz e entretenimento entre todos, em clima de total descontração. Contamos ainda com 03 escolas de samba, (GRES Unidos do Rosário, GRES Levanta Poeira e GRES Unidos do Fomento -Tigrão), sendo uma em cada noite, em dias e horários previamente agendados. Matinês infantis em horários compatíveis para as crianças e ainda as bandas musicais encarregadas da folia geral durante todas as noites até a madrugada do dia seguinte. 

 Todavia, não podemos nos omitir diante de muitas coisas que precisam ser devidamente trazidas à tona, a fim de que possamos ter, a partir do próximo ano, um maior controle da situação que vem tomando conta, negativamente, de nossa festa popular maior,  uma vez que, pessoas inescrupulosas e já adredemente preparadas, se infiltram no meio daqueles que buscam tão somente a diversão, para provocarem conflitos e espalharem o pânico, mediante utilização de armas brancas, bem como de fogo, gerando o caos e a correria de inúmeras pessoas, totalmente inocentes e que passam a ser vítimas de situações, as quais em nada contribuíram.     

Imprescindível salientar que, somos uma cidade de pequeno porte, contemplada com o bom nível cultural de nossa população, sempre pacata, ordeira, pacífica e aberta à receptividade a todos que vêm nos visitar em quaisquer situações. Todavia, não podemos ficar reféns em nossas próprias casas, impedidos de nosso mais nobre e salutar direito de "ir e vir", ante os excessos praticados por irresponsáveis, colocando vidas humanas em risco dentro ou nas imediações de nossas próprias residências.

 Importante salientar que tais delitos (furtos e confusões), não se dão apenas no carnaval, mas também noutros períodos em que ocorrem eventos diversos. Mas, como essa festa momesca  de Rio Pomba vem sendo propagada com certa antecedência, como sendo uma das maiores da região, caravanas de pessoas estão se dirigindo à nossa cidade, como se aqui tivéssemos uma infraestrutura capaz de garantir a integridade física de todos. 

 Torna-se imperioso ainda tecermos comentários sobre os entulhos expostos em nossas vias públicas (restos de obras inacabadas), que servem de armas para muitas pessoas como ataques e defesas de ambas as partes. Nossas praças e demais logradouros públicos são tomados de assalto para o sexo explícito e os já tão famosos mijódromos. 

 Por essa e outras razões, entendemos ser bastante oportuno o comentário e desabafo feito pela distinta amiga e conterrânea, Maria Aparecida Vidal Neto, simpatizante e participante ativa do carnaval, sobre uma situação realmente vivida, como se estivéssemos num grande centro do país, já editado nesta página.

 Gostaríamos apenas de acrescentar à opinião relatada, a imprescindibilidade da presença de mais 02 autoridades que precisam se sentar à mesa com nossos representantes locais, a fim de buscarem em conjunto fórmulas capazes de se minimizar nossos problemas como o recente episódio, não se omitindo, assim, à resolução dos mesmos: Juiz(a) de Direito  e o representante do Ministério Público, o fiscal da sociedade. Por outro lado, cremos ser de urgência, manter-se um contato com a delegada Dra. Sheila, majoritária em nossa cidade como deputada estadual, a fim de que tenhamos aqui, novamente, um delegado de polícia efetivo, para equacionar essa situação incômoda de policiais militares ficarem se deslocando até à vizinha cidade de Ubá, para autuação de alguém que tenha cometido qualquer ilícito penal.

 

                              Rio Pomba - MG., fevereiro de 2020.

 

                                   Aristides  Souza  Gomes

 


 






Avaliação (Vote clicando) - 0 voto(s)
 (0.00)
12345678910

Deixar Comentário

[ 0 ] comentário(s)

Nenhum Comentário ou aguardando aprovação



 
.:: Mais Notícias sobre Crônicas Aristides Souza
28/04/2021
UMA CAMINHADA VITORIOSA
30/03/2021
MOMENTOS DE ORAÇÕES, REFLEXÕES E CARIDADE
24/02/2021
Campanha da Fraternidade Ecumênica 2021
10/12/2020
Tempo do Advento
24/11/2020
A Alternância dos Poderes
03/11/2020
Chega de Corrupção – Trabalho e Transparência
15/10/2020
ELEIÇÕES MUNICIPAIS 2020
24/09/2020
Dia da Árvore e a Primavera
05/09/2020
Independência do Brasil
08/08/2020
Paternidade Responsável
24/07/2020
Acorda Brasil
26/06/2020
A Chama que não se Apaga
12/06/2020
DIA DOS NAMORADOS
05/06/2020
Diálogo, Justiça e Paz
08/05/2020
Mãe – Maternidade – Amor – Entrega
20/04/2020
As Celebrações da Semana Santa
25/03/2020
Campanha da Fraternidade 2020
28/02/2020
Carnaval 2020 em Rio Pomba
30/01/2020
Ato de Bravura e Heroísmo
24/01/2020
Uma fala intempestiva
   PUBLICIDADE  
 
 
 
 
   
   
® O Imparcial
Rua Quirico Marini, 55 - Rio Pomba - Minas Gerais
Telefone: 32-3571-1822 / E-mail: jornal.oimparcial@uol.com.br