PÁGINAS  
   ENQUETE  
Qual a sua preocupação com o meio ambiente?
Utiliza as lixeiras de coleta seletiva?
Tem o hábito de reciclar lixo diariamente?
Economiza energia?
Consome marcas ecologicamente corretas?


   PUBLICIDADE  
   ESTATISTICAS  
Total de Visitas: 6683322
 Online Agora: 12
Regional
Postada por:  Redação (Carmen Lúcia Marini Vieira Júlio),  em  27/03/2021 às 09h44
Compartilhar no Orkut Comentários ( 0 ) Comentar Link: Fonte
Aedes aegypti: Estado divulga acumulado de casos de novembro a março; veja situação da Zona da Mata e Vertentes

27/03/2021 às 09h44

 

 

 

 

 

 

A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) divulgou desta quinta-feira (25), mais um boletim epidemiológico sobre a incidência do Aedes aegypti no estado. O mosquito é transmissor da dengue, zika e chikungunya. Conforme o Estado, entre o dia 30 de novembro de 2020, e a última terça-feira (23)36 cidades da Zona da Mata e do Campo das Vertentes não tiveram registros de óbitos pela doença.

Contudo, já são 2.006 casos prováveis de dengue neste municípios, sendo que o que teve mais registros foi Cataguases, com 894 casos prováveis. Em seguida, aparecem Laranjal (266) e Miraí (260). Veja abaixo a lista completa.

 

Casos prováveis de dengue entre o fim de novembro de 2020 e março de 2021

Município

Casos prováveis

Astolfo Dutra

38

Barbacena

4

Bicas

1

Carandaí

1

Carangola

4

Cataguases

894

Chácara

2

Divino

1

Dona Euzébia

13

Espera Feliz

3

Guarani

4

Guidoval

1

Guiricema

2

Juiz de Fora

19

Laranjal

266

Leopoldina

134

Lima Duarte

2

Mar de Espanha

1

Matias Barbosa

2

Miraí

260

Muriaé

33

Piraúba

13

Recreio

5

Rio Pomba

9

Rodeiro

14

Santa Cruz de Minas

4

Santana de Cataguases

24

Santos Dumont

1

São João del Rei

18

São João Nepomuceno

10

Tabuleiro

7

Tocantins

51

Tombos

2

Ubá

94

Visconde do Rio Branco

68

Volta Grande

1

Fonte: SES-MG

Incidência do Aedes aegypti

A região de Leopoldina, composta por 15 municípios, continua com índice de incidência de alto risco do Aedes aegypti.

De acordo com a SES-MG, o resultado da avaliação é feita após a junção de nove indicadores, como casos prováveis de dengue, zika e chikungunya, internações pelas doenças e outros. No fim, o valor é somado. No caso da região de Leopoldina, a localidade obteve 66 pontos, que é considerado alto.

  • Baixo: < 24

  • Médio: 25 a 49

  • Alto: 50 a 74

  • Muito alto: > 74

Conforme o Estado, a região é composta por: Além Paraíba, Argirita, Astolfo Dutra, Cataguases, Dona Euzébia, Estrela Dalva, Itamarati de Minas, Laranjal, Leopoldina, Palma, Pirapetinga, Recreio, Santana de Cataguases, Santo Antônio do Aventureiro e Volta Grande. Veja abaixo a situação de outras regiões.

Índice de incidência do Aedes aegypti nas regiões

Região

Risco

Barbacena

Baixo

Juiz de Fora

Médio

Ponte Nova

Baixo

Ubá

Baixo

São João del Rei

Baixo

Leopoldina

Alto

Fonte: SES-MG

 

Minas Gerais

Durante o período citado, Minas Gerais registrou 11.329 casos prováveis - exceto os descartados - de dengue. Desse total, 3.645 foram confirmados para a doença, além de um óbito em Paracatu.

Também foram contabilizados 1.955 notificações de chikungunya, sendo que 1.137 foram confirmados. Não há nenhuma morte.

Já em relação à zika, ocorreram 90 casos prováveis e, desse total, oito confirmados. Não foram confirmados óbitos em Minas Gerais pela doença.

 

 

Juiz de Fora

Médio

Ponte Nova

Baixo

Ubá

Baixo

São João del Rei

Baixo

Leopoldina

Alto

Fonte: SES-MG

 

Chikungunya e zika

 

Em relação à chikungunya, as regiões registraram 74 casos prováveis, sendo que 31 foram em Leopoldina. Já de zika, são 14 nas cidades da Zona da Mata e Vertentes. Confira abaixo mais números.

 

Casos prováveis de zika e chikungunya entre o fim de novembro de 2020 e março de 2021

 

Município

 

 

Barroso

 

1

Cataguases

8

22

Espera Feliz

2

3

Juiz de Fora

 

2

Laranjal

 

2

Leopoldina

1

31

Matias Barbosa

 

1

Miraí

 

1

Recreio

 

1

Rio Novo

 

1

São João del Rei

 

1

Tabuleiro

 

1

Tocantins

1

4

Ubá

1

2

Visconde do Rio Branco

1

1

Fonte: SES-MG



 






Avaliação (Vote clicando) - 0 voto(s)
 (0.00)
12345678910

Deixar Comentário

[ 0 ] comentário(s)

Nenhum Comentário ou aguardando aprovação



 
.:: Mais Notícias sobre Regional
16/04/2021
Minas Consciente: macrorregião Sudeste avança para a Onda Vermelha e Centro-Sul ...
05/04/2021
Covid-19: Zona da Mata e Vertentes recebem mais de 108 mil doses das vacinas na ...
01/04/2021
O município de Ubá criou mais 27 leitos clínicos para atender pacientes com a Co...
27/03/2021
Aedes aegypti: Estado divulga acumulado de casos de novembro a março; veja situa...
17/03/2021
Covid-19: Prefeitura de Juiz de Fora diz que 30 pacientes do município já foram ...
10/03/2021
Macrorregiões Oeste, Centro-Sul e Sudeste regridem para a onda vermelha do Minas...
05/03/2021
Em nova remessa, cidades da Zona da Mata e Vertentes recebem mais de 40 mil dose...
05/03/2021
Nova remessa de vacinas contra o coronavírus chega no Aeroporto da Serrinha
03/03/2021
Vem aí a Segunda Edição do Festival Cataguajazz
12/02/2021
Minas Gerais terá programação temática on-line neste Carnaval
10/02/2021
Covid-19: terceiro lote de vacinas chega nas regionais de Saúde da Zona da Mata ...
28/01/2021
Municípios mineiros receberão 356 mil vacinas até sexta-feira (29/01)
28/01/2021
Ações do Governo do Estado no enfrentamento do Coronavírus
25/01/2021
Estado, MP e Defensoria encerram audiências de negociação com a Vale para repara...
19/01/2021
Minas Gerais distribui vacina contra a Covid em tempo recorde
19/01/2021
Doses de vacina contra Covid-19 chegam a Juiz de Fora
12/01/2021
Após deslizamento, trânsito na MG-353 é parcialmente liberado
08/01/2021
Fortes chuvas e tempo abafado marcam fim de semana na Zona da Mata e Vertentes
08/12/2020
Romeu Zema se reúne com ministro da Saúde para discutir vacinação contra o coron...
04/12/2020
Iluminação de Natal: Energisa dá dicas de segurança e economia  
   PUBLICIDADE  
 
 
 
 
   
   
® O Imparcial
Rua Quirico Marini, 55 - Rio Pomba - Minas Gerais
Telefone: 32-3571-1822 / E-mail: jornal.oimparcial@uol.com.br