PÁGINAS  
   ENQUETE  
Qual a sua preocupação com o meio ambiente?
Utiliza as lixeiras de coleta seletiva?
Tem o hábito de reciclar lixo diariamente?
Economiza energia?
Consome marcas ecologicamente corretas?


   PUBLICIDADE  
   ESTATISTICAS  
Total de Visitas: 6682767
 Online Agora: 34
Nacionais
Postada por:  Redação (Carmen Lúcia Marini Vieira Júlio),  em  27/02/2021 às 06h10
Compartilhar no Orkut Comentários ( 0 ) Comentar Link: Fonte
Sucesso na parceria Brasil e China: lançamento do satélite Amazônia 1

27/02/2021 às 06h10

*Renata Adriana Garbossa Silva

Mesmo com os altos custos de tecnologia para desenvolver satélites de sensoriamento remoto, os países em desenvolvimento, como é o caso do Brasil, têm nos últimos anos buscado parceria com outras nações. Não é de hoje, que o estado brasileiro tenta reverter esse quadro. Desde 1988, um acordo de parceria envolvendo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais – INPE e a Academia Chinesa de Tecnologia Espacial – CAST- possibilitaram ao Brasil avanços de sensoriamento remoto, denominado Programa CBERS (China-Brazil Earth Resources Satellite, Satélite Sino-Brasileiro de Recursos Terrestres), num convênio técnico-científico binacional envolvendo os dois países. A parceria entre os países é um esforço bilateral para derrubar as barreiras que impedem o desenvolvimento e a transferência de tecnologias sensíveis impostas pelos países desenvolvidos, afirmam os pesquisadores do INPE.

Desde o primeiro acordo até agora, foram lançados o CBERS 1, 2, 2B com características muito semelhantes para atender às necessidades dos dois países e para permitir o ingresso no emergente mercado de imagens de satélites até então dominado pelos que integram o bloco das nações desenvolvidas. Já os satélites CBERS 3, 4, foram assinados no início dos anos 2000 e representam uma evolução em relação aos dois primeiros satélites, uma vez que serão utilizadas no módulo carga útil quatro câmeras com desempenhos geométricos e radiométricos melhorados.

Porém, a busca por satélites mais potentes e que possam atender as próprias necessidades fará com que o Brasil, lance em órbita o primeiro satélite totalmente brasileiro da agência espacial indiana, Indian Space Research Organisation, de observação da Terra completamente projetado, integrado, testado e operado pelo Brasil, o satélite Amazônia 1. É um projeto coordenado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações e desenvolvido pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais em parceria com a Agência Espacial Brasileira. Criado para fornecer dados de sensoriamento remoto para observar e monitorar o desmatamento, não só da região Amazônica, mas também da agricultura em todo o território brasileiro, atuando em consonância com os programas ambientais existentes.

Segundo o INPE, o  lançamento do satélite no próximo domingo (28) à 1h54, horário de brasília poderá fornecer dados de um ponto específico em dois dias, ajudando na fiscalização de áreas que estejam sendo desmatadas, bem como, no monitoramento da região costeira, de reservatórios de água e de florestas, além da possibilidade de uso para observações de possíveis desastres ambientais, que estarão disponíveis tanto para a comunidade científica quanto para órgãos governamentais, e para toda a comunidade interessada em melhor compreender o ambiente terrestre.  

*Professora nos cursos de Geografia e Ciências Biológicas do Centro Universitário Internacional Uninter






Avaliação (Vote clicando) - 0 voto(s)
 (0.00)
12345678910

Deixar Comentário

[ 0 ] comentário(s)

Nenhum Comentário ou aguardando aprovação



 
.:: Mais Notícias sobre Nacionais
08/04/2021
Dia Mundial da Saúde reforça a importância da prática de exercícios físicos e bo...
05/04/2021
Ministério destina quase R$ 11 milhões em programas de educação profissional, em...
30/03/2021
No exterior, troca de ministros leva ao temor de que caos político aprofunde cri...
24/03/2021
Brasil ultrapassa 300 mil mortos pela covid um dia após ter recorde diário
23/03/2021
Carta aberta ao presidente da República
15/03/2021
Primeiras doses de vacina serão entregues pela Fiocruz
12/03/2021
Boletim Epidemiológico Diário COVID-19, em 12/03/2021
08/03/2021
Governo disponibiliza 3 mil vagas em cursos de qualificação para mulheres
01/03/2021
IBGE abre inscrições para recenseador e agente censitário
27/02/2021
Sucesso na parceria Brasil e China: lançamento do satélite Amazônia 1
22/02/2021
Concerto pelos 120 anos do Instituto Butantan será transmitido ao vivo pela Inte...
19/02/2021
A FORÇA DO PETRÓLEO
10/02/2021
A vacina COVID-19 e o fim da pandemia
09/02/2021
Com ou sem feriado, Carnaval é motivo de alerta para infectologistas nos cuidado...
05/02/2021
Governo lança Carnê-Leão Web para facilitar a vida do contribuinte
27/01/2021
Criminalização por uso ilegal da vacina
25/01/2021
Insegurança alimentar atinge 12% das famílias do Nordeste
20/01/2021
Papa Francisco em Oração para o estado de Manaus
18/01/2021
Anvisa aprova uso emergencial das vacinas CoronaVac e AstraZeneca no Brasil
18/01/2021
Covid-19: vacinação trará normalidade imediata à rotina das pessoas?
   PUBLICIDADE  
 
 
 
 
   
   
® O Imparcial
Rua Quirico Marini, 55 - Rio Pomba - Minas Gerais
Telefone: 32-3571-1822 / E-mail: jornal.oimparcial@uol.com.br