PÁGINAS  
   ENQUETE  
Qual a sua preocupação com o meio ambiente?
Utiliza as lixeiras de coleta seletiva?
Tem o hábito de reciclar lixo diariamente?
Economiza energia?
Consome marcas ecologicamente corretas?


   PUBLICIDADE  
   ESTATISTICAS  
Total de Visitas: 6682793
 Online Agora: 26
Nacionais
Postada por:  Redação (Carmen Lúcia Marini Vieira Júlio),  em  18/01/2021 às 20h07
Compartilhar no Orkut Comentários ( 0 ) Comentar Link: Fonte
Covid-19: vacinação trará normalidade imediata à rotina das pessoas?
Especialista do Hospital São Camilo (SP) alerta para a importância de manter protocolos de segurança mesmo após imunização

18/01/2021 às 20h07

Muito se ouviu sobre o novo normal durante o auge da pandemia e, com a expectativa de início da vacinação contra a Covid-19 no Brasil, muitos estão ansiosos para retornar à rotina antes da existência do vírus. Infelizmente, isso não deve acontecer tão cedo, pelos motivos elencados a seguir.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), as vacinas são essenciais para o combate de doenças fatais, pois elas impedem, por ano, a morte de cerca de 2 a 5 milhões de pessoas no mundo.

Embora o imunizante contra a Covid-19 seja motivo de celebração, ainda será necessário continuar com os cuidados básicos por um tempo. “A expectativa é de que a vacinação vai reduzir o número de pessoas doentes e, portanto, a disseminação do vírus. Porém, acreditamos que ele vai continuar circulando”, explica a Dra. Beatriz Quental, infectologista da Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo.

Conforme previsão da OMS, para que haja a controle da transmissão do vírus, estima-se que é preciso imunizar entre 65% e 70% da população mundial.

No Brasil, segundo o Ministério da Saúde, a imunização irá ocorrer em quatro etapas e em duas doses, tendo como prioridade a vacinação de profissionais de saúde, indígenas, idosos a partir de 75 anos e pessoas com comorbidades, durante todo o ano de 2021.

“Os estudos realizados até agora mostraram melhor eficácia de determinadas vacinas com duas doses. Por isso, é importante seguir a indicação de receber as das doses”, destaca a Dra. Beatriz.

Para a maioria dos imunizantes, a vacinação deverá ocorrer em intervalo médio de 20 dias entre uma dose e outra.

Efeitos da vacina

Já em relação aos efeitos que a vacina pode proporcionar, a especialista afirma ser possível que imunizantes causem reações. “A maioria das reações observadas nos estudos realizados com as vacinas foram leves a moderadas. É importante ressaltar que, para liberação, todas as vacinas passam por estudos criteriosos, e os estudos realizados até agora mostram que as vacinas em teste são seguras.”, explica.

Alguns dos efeitos mais comuns, de acordo com a infectologista, são fadiga, febre e dor de cabeça, além de vermelhidão ou inchaço ao redor do local de aplicação.

Cuidados

Por fim, segundo a médica, mesmo com o início da imunização da população, o vírus ainda poderá ser transmitido àqueles que ainda não foram vacinados.
“Nenhuma vacina tem 100% de eficácia. Por isso, é imprescindível manter o uso da máscara, higiene de mãos e distanciamento social, que são as principais medidas para impedir a disseminação do vírus. Estas medidas serão ainda necessárias por um certo período de tempo”, finaliza.

A infectologista recomenda seguir com os cuidados básicos:

  • Higienizar as mãos frequentemente, com água e sabão, ou então higienize com álcool em gel 70%;

  • Ao tossir ou espirrar, cobrir nariz e boca com lenço ou com a parte interna do cotovelo;

  • Manter distância mínima de 1 (um) metro e meio entre pessoas em lugares públicos e de convívio social;

  • Higienizar objetos utilizados com frequência;

  • Não compartilhar objetos de uso pessoal;

  • Manter os ambientes limpos e bem ventilados;

  • Se estiver doente, evitar contato próximo com outras pessoas, principalmente idosos e doentes crônicos;

  • Utilizar máscara em todos os ambientes.

(Fonte: Hospital São Camilo)


 






Avaliação (Vote clicando) - 0 voto(s)
 (0.00)
12345678910

Deixar Comentário

[ 0 ] comentário(s)

Nenhum Comentário ou aguardando aprovação



 
.:: Mais Notícias sobre Nacionais
08/04/2021
Dia Mundial da Saúde reforça a importância da prática de exercícios físicos e bo...
05/04/2021
Ministério destina quase R$ 11 milhões em programas de educação profissional, em...
30/03/2021
No exterior, troca de ministros leva ao temor de que caos político aprofunde cri...
24/03/2021
Brasil ultrapassa 300 mil mortos pela covid um dia após ter recorde diário
23/03/2021
Carta aberta ao presidente da República
15/03/2021
Primeiras doses de vacina serão entregues pela Fiocruz
12/03/2021
Boletim Epidemiológico Diário COVID-19, em 12/03/2021
08/03/2021
Governo disponibiliza 3 mil vagas em cursos de qualificação para mulheres
01/03/2021
IBGE abre inscrições para recenseador e agente censitário
27/02/2021
Sucesso na parceria Brasil e China: lançamento do satélite Amazônia 1
22/02/2021
Concerto pelos 120 anos do Instituto Butantan será transmitido ao vivo pela Inte...
19/02/2021
A FORÇA DO PETRÓLEO
10/02/2021
A vacina COVID-19 e o fim da pandemia
09/02/2021
Com ou sem feriado, Carnaval é motivo de alerta para infectologistas nos cuidado...
05/02/2021
Governo lança Carnê-Leão Web para facilitar a vida do contribuinte
27/01/2021
Criminalização por uso ilegal da vacina
25/01/2021
Insegurança alimentar atinge 12% das famílias do Nordeste
20/01/2021
Papa Francisco em Oração para o estado de Manaus
18/01/2021
Anvisa aprova uso emergencial das vacinas CoronaVac e AstraZeneca no Brasil
18/01/2021
Covid-19: vacinação trará normalidade imediata à rotina das pessoas?
   PUBLICIDADE  
 
 
 
 
   
   
® O Imparcial
Rua Quirico Marini, 55 - Rio Pomba - Minas Gerais
Telefone: 32-3571-1822 / E-mail: jornal.oimparcial@uol.com.br