PÁGINAS  
   ENQUETE  
Qual a sua preocupação com o meio ambiente?
Utiliza as lixeiras de coleta seletiva?
Tem o hábito de reciclar lixo diariamente?
Economiza energia?
Consome marcas ecologicamente corretas?


   PUBLICIDADE  
   ESTATISTICAS  
Total de Visitas: 6163063
 Online Agora: 22
Artigo
Postada por:  Redação (Carmen Lúcia Marini Vieira Júlio),  em  08/01/2021 às 23h28
Compartilhar no Orkut Comentários ( 0 ) Comentar Link: Fonte
Covid-19: o que nos aguarda em 2021?

08/01/2021 às 23h28

Por Fernanda Fontanezi

 Longe de todas as expectativas, iniciamos o ano de 2021 ainda na luta contra a Covid-19. Pudemos observar que a esperança trazida pela melhora no número de casos observada a partir de agosto de 2020 gerou uma sensação de segurança para uma parte importante da população brasileira.

Segurança para retomar suas rotinas diárias, visitar vizinhos, parentes e amigos, e, principalmente, para afrouxar os cuidados instaurados e cientificamente comprovados para a diminuição da circulação do vírus na sociedade.

Ou seja, a falsa ideia de que o fim da pandemia se aproximava fez com que muitas pessoas deixassem de usar máscara e de evitar aglomerações ou, até mesmo, reduzissem os cuidados com a higiene das mãos.

Felizmente, hoje, podemos dizer que os profissionais da saúde desenvolveram uma boa expertise no tratamento dos pacientes com Covid-19, fazendo com que reduzíssemos o tempo de permanência em UTI e o número intubados, quando comparamos o período atual aos piores meses da pandemia no Brasil. Além disso, temos a nosso favor muito mais informações sobre tratamentos confiáveis do que havia em março e abril do ano passado.

Mas o vírus continua aqui, entre nós. Por mais que tenhamos melhorado nossos indicadores de qualidade no tratamento da infecção, não temos cura, a vacinação ainda não é uma realidade para os brasileiros e, portanto, as infecções e os óbitos continuam a ocorrer.

As únicas medidas que temos para impedir a propagação do vírus são as descritas acima, que vêm sendo sistematicamente sub-rogadas por uma parcela da população. Como resultado, vemos o aumento no número de casos confirmados desde meados de novembro de 2020 e, muito pior, o aumento também no caso de óbitos em decorrência da doença.

Estamos cansados, sim, desta pandemia, mas isso não faz com que ela desapareça. Precisamos manter as medidas de propagação para impedirmos que esse aumento se torne exponencial, como aconteceu no segundo trimestre de 2020.

Precisamos evitar o colapso do sistema de saúde antes de conseguirmos vacinar entre 85% e 95% da população, para, assim, adquirirmos a imunidade de rebanho e evitarmos a circulação do vírus.

As férias de janeiro trazem um grave temor para os que lidam com a infecção diariamente. Observamos que houve afrouxamento nas medidas de segurança durante as festas, e estamos apreensivos que isso não só se propague durante as férias, mas que piore. E que retornemos ao que vivemos no início desta pandemia, com as mais de mil mortes diárias, o colapso do sistema de saúde em alguns Estados e a Covid-19 vencendo a batalha diariamente.

Por isso, a comunidade médica faz um forte apelo. Até que tenhamos a vacinação em massa, devemos nos manter em quarentena, utilizando as medidas de precaução e cuidando não apenas de nós, mas de toda a população suscetível ao agravamento da infecção.

* Diretora da Unidade Santana da Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo


 






Avaliação (Vote clicando) - 0 voto(s)
 (0.00)
12345678910

Deixar Comentário

[ 0 ] comentário(s)

Nenhum Comentário ou aguardando aprovação



 
.:: Mais Notícias sobre Artigo
22/01/2021
Finalmente temos vacina contra a COVID-19. Temos mesmo?
19/01/2021
2020: um ano para não ser esquecido
13/01/2021
Jovens estão se infectando cada vez mais com Covid-19
08/01/2021
Covid-19: o que nos aguarda em 2021?
05/01/2021
COMEÇO DE ANO
04/01/2021
VAI 2020...ADEUS!
18/12/2020
2020: o ano em que a ciência foi ofuscada pela política, achismo e ambição
11/12/2020
Com mais tempo confinadas em casa, consumo de bebidas e drogas ilícitas entre as...
08/12/2020
"Se o Papai Noel faz parte do grupo de risco, o Natal sobreviverá à pandemia"
04/12/2020
O ano letivo de 2020 pode ser um ano considerado perdido?
01/12/2020
O Brasil pode crescer com inteligência política
01/12/2020
Covid-19 e a sua relação com os hábitos de consumo
25/11/2020
Pandemia pode aumentar a desigualdade educacional no Brasil e o papel transforma...
24/11/2020
Populismo racial
24/11/2020
Violência contra a mulher em tempos de covid-19
19/11/2020
O cotidiano familiar e a pandemia
03/11/2020
Virtudes para um novo tempo
30/10/2020
Dia de finados: A importância de saber elaborar o luto
20/10/2020
O novo normal da saúde é entender o poder das pessoas
09/10/2020
Desacelera!
   PUBLICIDADE  
 
 
 
 
   
   
® O Imparcial
Rua Quirico Marini, 55 - Rio Pomba - Minas Gerais
Telefone: 32-3571-1822 / E-mail: jornal.oimparcial@uol.com.br