PÁGINAS  
   ENQUETE  
Qual a sua preocupação com o meio ambiente?
Utiliza as lixeiras de coleta seletiva?
Tem o hábito de reciclar lixo diariamente?
Economiza energia?
Consome marcas ecologicamente corretas?


   TEMPO AGORA  
   PUBLICIDADE  
   ESTATISTICAS  
Total de Visitas: 5255797
 Online Agora: 10
Nacionais
Postada por:  Redação (Carmen Lúcia Marini Vieira Júlio),  em  05/05/2020 às 16h55
Compartilhar no Orkut Comentários ( 0 ) Comentar Link: Fonte
Bolsonaro nomeia Rolando Alexandre de Souza, braço direito de Alexandre Ramagem, para diretoria da PF
Rolando Alexandre de Souza era secretário de Gestão e Planejamento da Agência Brasileira de Inteligência (Abin)

05/05/2020 às 16h55

Repórter Daniel Marques

Impedido pelo Supremo Tribunal Federal (STF) de nomear Alexandre Ramagem para a diretoria geral da Polícia Federal, o presidente Jair Bolsonaro nomeou na segunda-feira (4) o delegado Rolando Alexandre de Souza para o cargo. Visto como braço direito de Ramagem, Souza ocupava a posição de secretário de Gestão e Planejamento da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), cargo que detinha a convite do colega diretor da Abin. 

A nomeação vem cinco dias depois da decisão do ministro do STF Alexandre de Moraes de suspender a nomeação de Ramagem e vem dar um novo capítulo para a polêmica em torno da substituição de Mauricio Valeixo, que culminou na demissão do ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro. Valeixo tinha a confiança do ex-ministro e sua substituição foi vista como uma forma do presidente interferir em investigações sobre seus filhos. Essa versão foi negada pelo presidente, apesar dele ter assumido que queria receber informações privilegiadas sobre investigações. Ramagem, o indicado para herdar o cargo, é próximo da família de Bolsonaro.

Na semana passada, Bolsonaro havia dito que iria recorrer da decisão do STF de barrar a nomeação de Ramagem, o que acabou não se concretizando. Para Bolsonaro, Alexandre de Moraes tinha motivação política.

Em sua carreira na Polícia Federal, o novo diretor geral da instituição, Rolando Alexandre de Souza, também foi chefe do Serviço de Repressão a Desvio de Recursos Públicos e passou pela Divisão de Combate a Crimes Financeiros e pela superintendência em Rondônia. 






Avaliação (Vote clicando) - 0 voto(s)
 (0.00)
12345678910

Deixar Comentário

[ 0 ] comentário(s)

Nenhum Comentário ou aguardando aprovação



 
.:: Mais Notícias sobre Nacionais
09/07/2020
Atendimento a mulheres vítimas de violência doméstica é serviço essencial, defin...
25/06/2020
Mais 2,5 mil equipes de Saúde da Família passam a integrar programa de informati...
09/06/2020
Covid-19 e o novo cenário do saneamento
03/06/2020
Cerca de 11 milhões de brasileiros aguardam para receber o auxílio emergencial
19/05/2020
Governo lança campanha que incentiva denúncias de violência doméstica
15/05/2020
A vacina da solidariedade
14/05/2020
Mensagens do “Maio Amarelo” aos milhares de motoristas que trabalham nas estrada...
14/05/2020
Governo Federal libera R$ 16,5 milhões para obras de saneamento em 15 estados br...
14/05/2020
Brasil se antecipa na contratação de trabalhadores da saúde durante a pandemia
14/05/2020
A Constituição e os Deveres do Presidente
12/05/2020
"Quem é quem" na rede do esgoto”: eficiência dos serviços só é atingida com cole...
05/05/2020
Bolsonaro nomeia Rolando Alexandre de Souza, braço direito de Alexandre Ramagem,...
30/04/2020
O Dia do Trabalho
17/04/2020
Apreensão da Receita Federal reforça combate ao novo coronavírus
13/04/2020
“Seleção Brasileira – Paixão de um Povo”, resgata a memória do nosso futebol em ...
13/04/2020
Fake news: como não repassar informações erradas durante pandemia do novo corona...
02/04/2020
Justiça autoriza saque de R$ 500 milhões nas contas da Vale
27/03/2020
PANDEMIA, mais uma!
25/03/2020
O pânico coletivo gerado pelo coronavírus
20/03/2020
Conflitos pela água
   PUBLICIDADE  
 
 
 
 
   
   
® O Imparcial
Rua Quirico Marini, 55 - Rio Pomba - Minas Gerais
Telefone: 32-3571-1822 / E-mail: jornal.oimparcial@uol.com.br