PÁGINAS  
   ENQUETE  
Qual a sua preocupação com o meio ambiente?
Utiliza as lixeiras de coleta seletiva?
Tem o hábito de reciclar lixo diariamente?
Economiza energia?
Consome marcas ecologicamente corretas?


   TEMPO AGORA  
   PUBLICIDADE  
   ESTATISTICAS  
Total de Visitas: 5255895
 Online Agora: 11
Nacionais
Postada por:  Redação (Carmen Lúcia Marini Vieira Júlio),  em  30/04/2020 às 20h05
Compartilhar no Orkut Comentários ( 0 ) Comentar Link: Fonte
O Dia do Trabalho

30/04/2020 às 20h05

Aristides Souza Gomes

O dia do trabalho, também conhecido como o dia do trabalhador, passou a fazer parte de nosso calendário, já no final do século XIX, ante lutas iniciadas por trabalhadores em empresas industriais nos Estados Unidos da América, na Inglaterra, e outros países europeus. Tudo começou quando trabalhadores na cidade de Chicago se juntaram por uma luta em prol de melhores condições de salário e redução da jornada diária de trabalho, de 13 para 08 horas.

Vários movimentos grevistas espalharam-se por diversos países, contando com o apoio de outros movimentos de classes, fazendo com que a repressão policial se fizesse presente, vindo a gerar mortes e feridos de ambas as partes em tais confrontos. Isso fez com que essas manifestações viessem ganhando forças para que os trabalhadores de um modo geral se unissem em prol da obtenção de direitos trabalhistas, elegendo-se o dia 01 de maio como data símbolo por tais pleitos.

Dessa forma, já no final do século XIX, após a proclamação da república, o Brasil também iniciou a formação de movimentos grevistas com uma atuação mais ampla nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro, culminando com um ato reivindicatório de grandes proporções em São Paulo, já em 1917, princípio do século XX.

No ano de 1925, o então Presidente do Brasil. Arthur Bernardes, achou por bem acolher sugestão de várias partes do mundo, instituindo o 01 de maio como o dia do trabalho, unificando, assim, essa data já definida noutros países. No Brasil, a partir de então, o 01 de maio foi oficializado como feriado nacional. O salário mínimo veio a ser considerado em nosso país a partir de 1936, vindo a ser reconhecido legalmente a partir do ano de 1940, já no governo Getúlio Vargas. A CLT (Consolidação das Leis do Trabalho), também pelo mesmo Presidente.

Em 1966, já no governo militar, tivemos o fim da estabilidade no empregado privado, o qual veio a ser substituído pelo sistema do FGTS. No governo Michel Temer (julho/2016 a dezembro/2018) tivemos a reforma trabalhista, a qual, segundo nos consta, trouxe grandes prejuízos aos trabalhadores em geral, gerando maior insegurança no trabalho, incentivando a muitos tornarem-se trabalhadores informais, sem uma fonte de renda certa, que lhe propicie uma manutenção digna, bem como a de seus familiares.

Dentro de uma política recessiva que estamos vivendo, ainda mais no momento em que enfrentamos uma séria pandemia, tememos por um aumento substancial de desempregados. Não vislumbramos, lamentavelmente, nada que os trabalhadores possam comemorar nesse 01 de maio. Todavia devemos saudar a todos os empregados(as) pela luta constante em busca de um país melhor, totalmente voltado ao reconhecimento daqueles que são a mola propulsora para nosso crescimento.

                       Rio Pomba, abril de 2020.

Aristides  Souza  Gomes 

                       


 






Avaliação (Vote clicando) - 0 voto(s)
 (0.00)
12345678910

Deixar Comentário

[ 0 ] comentário(s)

Nenhum Comentário ou aguardando aprovação



 
.:: Mais Notícias sobre Nacionais
09/07/2020
Atendimento a mulheres vítimas de violência doméstica é serviço essencial, defin...
25/06/2020
Mais 2,5 mil equipes de Saúde da Família passam a integrar programa de informati...
09/06/2020
Covid-19 e o novo cenário do saneamento
03/06/2020
Cerca de 11 milhões de brasileiros aguardam para receber o auxílio emergencial
19/05/2020
Governo lança campanha que incentiva denúncias de violência doméstica
15/05/2020
A vacina da solidariedade
14/05/2020
Mensagens do “Maio Amarelo” aos milhares de motoristas que trabalham nas estrada...
14/05/2020
Governo Federal libera R$ 16,5 milhões para obras de saneamento em 15 estados br...
14/05/2020
Brasil se antecipa na contratação de trabalhadores da saúde durante a pandemia
14/05/2020
A Constituição e os Deveres do Presidente
12/05/2020
"Quem é quem" na rede do esgoto”: eficiência dos serviços só é atingida com cole...
05/05/2020
Bolsonaro nomeia Rolando Alexandre de Souza, braço direito de Alexandre Ramagem,...
30/04/2020
O Dia do Trabalho
17/04/2020
Apreensão da Receita Federal reforça combate ao novo coronavírus
13/04/2020
“Seleção Brasileira – Paixão de um Povo”, resgata a memória do nosso futebol em ...
13/04/2020
Fake news: como não repassar informações erradas durante pandemia do novo corona...
02/04/2020
Justiça autoriza saque de R$ 500 milhões nas contas da Vale
27/03/2020
PANDEMIA, mais uma!
25/03/2020
O pânico coletivo gerado pelo coronavírus
20/03/2020
Conflitos pela água
   PUBLICIDADE  
 
 
 
 
   
   
® O Imparcial
Rua Quirico Marini, 55 - Rio Pomba - Minas Gerais
Telefone: 32-3571-1822 / E-mail: jornal.oimparcial@uol.com.br