PÁGINAS  
   ENQUETE  
Qual a sua preocupação com o meio ambiente?
Utiliza as lixeiras de coleta seletiva?
Tem o hábito de reciclar lixo diariamente?
Economiza energia?
Consome marcas ecologicamente corretas?


   TEMPO AGORA  
   PUBLICIDADE  
   ESTATISTICAS  
Total de Visitas: 5243665
 Online Agora: 15
Opinião
Postada por:  Redação (Carmen Lúcia Marini Vieira Júlio),  em  24/04/2020 às 17h38
Compartilhar no Orkut Comentários ( 0 ) Comentar Link: Fonte
“PEC do Orçamento de Guerra” entrega cheque em branco nas mãos de políticos
Antonio Tuccílio, presidente da Confederação Nacional dos Servidores Públicos (CNSP)

24/04/2020 às 17h38

É justificável que em momentos de crise tenhamos de melhorar os processos e diminuir a burocracia, mas há que se pensar melhor no “como fazer”.

 O Senado aprovou o texto substitutivo à PEC 10/2020, mais conhecida como “PEC do Orçamento de Guerra”. Idealizada pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM/RJ), a proposta tem como um dos seus objetivos a autorização para o governo fazer gastos relacionados à pandemia, desconsiderando as limitações impostas pela chamada “regra de ouro”, que proíbe a União de gerar dívidas que não tenham previsão orçamentária. A proposta institui um regime extraordinário de contratações e de despesas com pessoal, obras, serviços e compras do governo durante o estado de calamidade pública. Também não será mais necessário fazer licitações, o que, sem fiscalização, pode gerar uma enorme farra com dinheiro público.

 O governo federal poderá, portanto, liberar recursos para a saúde sem correr o risco de cometer crime de responsabilidade fiscal. Além disso, governadores não precisarão se preocupar com as receitas dos seus respectivos estados, pois tudo o que foi arrecadado em 2019, e que não será arrecadado em 2020, será transferido pela União.

A PEC também autoriza o Banco Central a injetar recursos em empresas que enfrentam dificuldades financeiras, já que poderá comprar títulos das companhias e emprestar esses ativos a elas sem passar pelo sistema bancário.

O texto voltará à Câmara dos Deputados para segunda votação, pois o relator no Senado, Antonio Anastasia (PSD/MG), fez mudanças no conteúdo do projeto. Porém, sua aprovação é quase certa e será rápida.

 O propósito pode ser positivo – acelerar o combate ao coronavírus –, porém, na prática a “PEC do Orçamento de Guerra” poderá ser utilizada por oportunistas e mal intencionados. O texto permite, por exemplo, que empresas que não estejam em dia com a Previdência Social de seus empregados recebam os benefícios fiscais.

Recentemente, o próprio Congresso Nacional aprovou o decreto de calamidade pública que deu liberdade para o governo agir durante a pandemia. Se aprovada essa PEC, haverá mais um mecanismo para se gastar mais e com muita facilidade.

Esse é justamente o ponto mais crítico: a entrega de um cheque em branco nas mãos de políticos. A dívida pública irá aumentar significativamente e todo mundo sabe que dinheiro não brota da terra e alguém terá de pagar a conta no futuro. E eu tenho certeza que não serão eles.






Avaliação (Vote clicando) - 0 voto(s)
 (0.00)
12345678910

Deixar Comentário

[ 0 ] comentário(s)

Nenhum Comentário ou aguardando aprovação



 
.:: Mais Notícias sobre Opinião
09/07/2020
Ser ou Não Ser, eis a questão!
20/06/2020
O Gabinete do Ódio Existe!
20/06/2020
O Lento Retorno da Economia
03/06/2020
Coronavírus, uma arma biológica
27/04/2020
Peço anistia ao mundo pela humanidade
24/04/2020
“PEC do Orçamento de Guerra” entrega cheque em branco nas mãos de políticos
13/04/2020
Os Sonhos nas Bases
30/03/2020
Salvar vidas ou salvar a economia?
17/03/2020
Coronavírus: como as crises impulsionam a inovação?
13/03/2020
A Maldição do Desenvolvimento
27/02/2020
Para reflexão: Administração Pública, Polícia, Vereadores, Conselhos Municipais,...
19/02/2020
Oportunidades e riscos no Planeta VICA
13/02/2020
Cidades devem planejar para enfrentar as águas
30/01/2020
Davos e o Meio Ambiente
23/01/2020
CICLO DAS LOROTAS CHEGA AO FIM
15/01/2020
Nova previdência traz duro golpe a aposentadorias especiais
10/01/2020
Reforma administrativa: o começo do fim do serviço público
06/01/2020
Que país queremos ver? Uma retrospectiva ambiental do Brasil de 2019
03/01/2020
Celulares contribuem para queda de atividade física entre crianças, aponta pesqu...
27/12/2019
A Exclusão e o Pancadão
   PUBLICIDADE  
 
 
 
 
   
   
® O Imparcial
Rua Quirico Marini, 55 - Rio Pomba - Minas Gerais
Telefone: 32-3571-1822 / E-mail: jornal.oimparcial@uol.com.br