PÁGINAS  
   ENQUETE  
Qual a sua preocupação com o meio ambiente?
Utiliza as lixeiras de coleta seletiva?
Tem o hábito de reciclar lixo diariamente?
Economiza energia?
Consome marcas ecologicamente corretas?


   TEMPO AGORA  
   PUBLICIDADE  
   ESTATISTICAS  
Total de Visitas: 5255894
 Online Agora: 12
Nacionais
Postada por:  Redação (Carmen Lúcia Marini Vieira Júlio),  em  17/04/2020 às 21h04
Compartilhar no Orkut Comentários ( 0 ) Comentar Link: Fonte
Apreensão da Receita Federal reforça combate ao novo coronavírus

17/04/2020 às 21h04

Em meio à pandemia da Covid-19, o Ministério da Saúde, prefeituras e governos estaduais trabalham conjuntamente para garantir a aquisição de Equipamentos de Proteção Individual (EPI) a profissionais de saúde. A apreensão de EPIs em portos e aeroportos brasileiros também tem ajudado no combate ao novo coronavírus. Na última semana, a Receita Federal encaminhou ao Ministério da Saúde 18,5 milhões de luvas não estéreis que foram apreendidas na Alfândega de Santos.  

Até o momento, o Ministério da Saúde já repassou a estados e municípios R$ 12 bilhões para a contratação de pessoal e compra de insumos. João Gabbardo, secretário-executivo da pasta, diz que foram feitos repasses até mesmo a cidades onde não há casos da Covid-19, como forma de prevenção no combate à doença.

“A nossa intenção foi passar recursos para todos para que, mesmo que não tenha havido casos, possam estar com a sua situação financeira equilibrada e em condições de fazer as aquisições dos insumos necessários.”

Além das compras realizadas pelo poder público e de apreensões, o Ministério da Saúde também ressalta a importância que as doações de recursos financeiros e insumos têm tido no combate ao novo coronavírus. A mineradora Vale, por exemplo, doou 16 milhões de EPIs e 5 milhões de testes rápidos.

“Até o momento, desta doação, já está no Brasil 8,8 milhões de EPIs, entre máscaras, máscaras cirúrgicas, máscaras N95, óculos de proteção, luvas e aventais.” 

No início do mês, a Receita Federal impediu a exportação de 3,2 mil respiradores descartáveis, de um fábrica do Paraná, com destino à Itália. Por se tratar de uma emergência em saúde pública, a exportação foi  impedida a pedido do Ministério da Saúde e a empresa será indenizada pelo órgão. 


 






Avaliação (Vote clicando) - 0 voto(s)
 (0.00)
12345678910

Deixar Comentário

[ 0 ] comentário(s)

Nenhum Comentário ou aguardando aprovação



 
.:: Mais Notícias sobre Nacionais
09/07/2020
Atendimento a mulheres vítimas de violência doméstica é serviço essencial, defin...
25/06/2020
Mais 2,5 mil equipes de Saúde da Família passam a integrar programa de informati...
09/06/2020
Covid-19 e o novo cenário do saneamento
03/06/2020
Cerca de 11 milhões de brasileiros aguardam para receber o auxílio emergencial
19/05/2020
Governo lança campanha que incentiva denúncias de violência doméstica
15/05/2020
A vacina da solidariedade
14/05/2020
Mensagens do “Maio Amarelo” aos milhares de motoristas que trabalham nas estrada...
14/05/2020
Governo Federal libera R$ 16,5 milhões para obras de saneamento em 15 estados br...
14/05/2020
Brasil se antecipa na contratação de trabalhadores da saúde durante a pandemia
14/05/2020
A Constituição e os Deveres do Presidente
12/05/2020
"Quem é quem" na rede do esgoto”: eficiência dos serviços só é atingida com cole...
05/05/2020
Bolsonaro nomeia Rolando Alexandre de Souza, braço direito de Alexandre Ramagem,...
30/04/2020
O Dia do Trabalho
17/04/2020
Apreensão da Receita Federal reforça combate ao novo coronavírus
13/04/2020
“Seleção Brasileira – Paixão de um Povo”, resgata a memória do nosso futebol em ...
13/04/2020
Fake news: como não repassar informações erradas durante pandemia do novo corona...
02/04/2020
Justiça autoriza saque de R$ 500 milhões nas contas da Vale
27/03/2020
PANDEMIA, mais uma!
25/03/2020
O pânico coletivo gerado pelo coronavírus
20/03/2020
Conflitos pela água
   PUBLICIDADE  
 
 
 
 
   
   
® O Imparcial
Rua Quirico Marini, 55 - Rio Pomba - Minas Gerais
Telefone: 32-3571-1822 / E-mail: jornal.oimparcial@uol.com.br