PÁGINAS  
   ENQUETE  
Qual a sua preocupação com o meio ambiente?
Utiliza as lixeiras de coleta seletiva?
Tem o hábito de reciclar lixo diariamente?
Economiza energia?
Consome marcas ecologicamente corretas?


   TEMPO AGORA  
   PUBLICIDADE  
   ESTATISTICAS  
Total de Visitas: 5400387
 Online Agora: 20
Redação
Postada por:  Redação (Carmen Lúcia Marini Vieira Júlio),  em  09/04/2020 às 12h15
Compartilhar no Orkut Comentários ( 0 ) Comentar Link: Fonte
DIA DA SERVA DO SENHOR – LOLA

09/04/2020 às 12h15

Da Redação

Aprovado por unanimidade pelo Legislativo Municipal no ano de 2013, o dia 09 de abril foi decretado feriado municipal em Rio Pomba pelo então Poder Executivo, através da Lei 1.160/2003, em homenagem a data de falecimento de nossa amada e venerável Floripes Dornellas de Jesus (Lola). Meritoriamente ela hoje dá sua denominação em uma das principais vias públicas da cidade, e vem recebendo as visitas semanais e mensais de fiéis em seu túmulo e no Sítio Recanto da Lola para participação de celebrações de missas, cultos e encontros reflexivos de jovens e adultos.

Sua vida e apostolado vivenciado por cerca de 6 décadas, alimentando-se apenas da Comunhão Eucarística, despertou em Rio Pomba, em municípios de Minas Gerais, e por que não, em diversos estados do país, a fé e a propagação ao amantíssimo Sagrado Coração de Jesus por ela tão difundido aos quatro cantos.

Toda a vida de Lola foi vivida em função de atender ao apelo de pessoas necessitadas e aos enfermos, com poderosa fé e confiança ao Sagrado Coração Eucarístico de Jesus, seja por meio de orações e novenas eficazes, com distribuições gratuitas e trabalhinhos artesanais confeccionados por ela. Fez sempre tudo o que estava ao alcance de suas limitações por ser paraplégica e imobilizada em uma cama para que o maior número possível de pessoas pudesse conhecer e amar o Coração de Jesus.. 

Faleceu em santidade em 09 de abril de 1999, quando milhares de pessoas acorreram  ao velório e ao sepultamento. Seu funeral foi noticiado nos telejornais do país no dia 10/04/1999 e em nosso O IMPARCIAL, em duas edições extraordinárias, que sempre esteve atento às boas novas e obras da veneranda Lola.

A Congregação das Causas dos Santos, no Vaticano, em Roma, concedeu o status de NULLA OSTA (nenhum obstáculo) para o andamento do processo de Floripes Dornellas de Jesus; recebendo nossa venerável santa o  título de Serva de Deus.

Por meio da Diocese de Mariana, a Igreja pede orações para sua beatificação, cujo processo foi aberto em 01 de julho de 2005 por Dom Luciano Mendes de Almeida, então Arcebispo de Mariana.

Abaixo transcrevemos o belo texto de nossa conterrânea, Giselle Neves Moreira de Aguiar, que por meio de sua página “O Beija Flor”, vem divulgando com fidelidade a vida e as mensagens dos Amigos da Causa de Lola.

Uma grande mulher

A Serva de Deus Floripes Dornelas de Jesus, a Lola, marcou a vida das pessoas da região de Rio Pomba, MG, onde viveu. Os fundamentemos, a visão de mundo, os valores que pautaram a vida dos avós e pais da geração atual foram fermentadas pela sua vida de oração. Todos, ainda que indiretamente, recebem influência dela.

Vida de oração quer dizer abertura de coração, de mente e espírito (memória, inteligência, vontade) para que sejam elevados, pelo Espírito Santo, acima da vida material e corriqueira que levamos. Contemplar os fatos do dia a dia à luz da fé, que não somente ela professava, mas também, praticamente  todas as pessoas que compunham o meio ambiente na época em que ela viveu.

Na presença de Deus estava noite e dia. Não precisava comer, beber, nem dormir. Seu corpo biológico também se alimentava diretamente de Deus, por meio do Sacramento da Eucaristia. Tal  fenômeno, que acontecia pela vontade de Deus, a qual ela servia com toda docilidade, era óbvio para os habitantes da cidade e para as autoridades eclesiásticas que tinham por ela um especial respeito e carinho.

Nesse grau de contínua elevação espiritual, ela mantinha um estreito relacionamento com o Sagrado Coração de Jesus. Graças ao convívio com a própria Sabedoria, ela, apesar de pouquíssimos estudos, desenvolveu poderoso tino  e grande perspicácia, os quais usava para gerir, ali do seu leito de paralítica, o seu sítio. Mas todo o seu interesse focava  em ter o suficiente para divulgar a devoção ao Sagrado Coração de Jesus. Importava muitíssimo, para ela, fazê-lo conhecido. Porque sabia que uma vez O conhecendo seria impossível, a um ser humano, deixar de amá-LO.  Uma vez conhecendo-O e amando-O, entraria na posse de uma vida de paz, amor e alegria. Era isso que ela desejava para todos os seus irmãos da espécie  humana. Por isso orava e agia, como podia.

Sua atuação foi tão concreta e eficaz que, ainda hoje, nos alimentamos do fruto de seu exemplo, do seu testemunho, que parece ser tão arcaico e ao mesmo tempo capaz de existir num futuro ainda longínquo, no qual as pessoas se alimentarão diretamente de pura energia que os católicos têm como Deus, a fonte e o autor da vida. Ou seja, Lola pode ser vista como um elo entre os tempos mais remotos do catolicismo, preservando o mesmo espírito de oração, a fonte de sabedoria de Santo Agostinho, Santa Gertrudes, Santa Margarida Maria Alacoque e Santa Francisca Xavier Cabrini, e um futuro esplendoroso descrito  no capitulo 21 do livro do Apocalipse.

O mundo hoje parece muito distante desse mundo real, porém intangível aos sentidos do corpo biológico. Padece de uma imensa fome de sentido espiritual para conduzir uma vida que tem se tornado cada vez mais pesada, onde somente são considerados os valores materiais.

O  conhecimento da vida singela e singular da nossa Lola poderá  despertar almas que talvez nem se deem conta de que existem, como seres superiores, criados à imagem e semelhança do Deus Todo Poderoso que tudo criou, e mantém existindo as mais diferentes formas de vida. Descobrirão, então, que podem se relacionar com Ele, usando a mesma técnica que a Lola: a oração. Com toda certeza, farão coisas ainda mais surpreendentes do que os muitos milagres que o povo de Rio Pomba e redondeza contam que receberam por meio das orações da Serva de Deus Floripes Dornelas de Jesus, a Lola.


 

Giselle Neves Moreira de Aguiar


 





Outras Fotos

09/04/2020 às 12h15
09/04/2020 às 12h15
09/04/2020 às 12h15
09/04/2020 às 12h15
09/04/2020 às 12h15


Avaliação (Vote clicando) - 0 voto(s)
 (0.00)
12345678910

Deixar Comentário

[ 0 ] comentário(s)

Nenhum Comentário ou aguardando aprovação



 
.:: Mais Notícias sobre Redação
03/07/2020
Câmara Municipal inicia obra de sua futura sede
03/07/2020
Brasil chega à marca de 1,5 milhão de casos confirmados de Covid-19
29/06/2020
Estado amplia medidas restritivas a municípios
16/06/2020
Festividades do Padroeiro
16/06/2020
Governo Federal está colocando mais de 130 mil vidas em risco com corte na verba...
08/06/2020
Flexibilização de setores empresariais na cidade
23/05/2020
Paróquia do Rosário promove “Live Solidária”
19/05/2020
Muito êxito e repercussão nas primeiras “Lives” em Rio Pomba
06/05/2020
Caso confirmado da Covid-19 em Rio Pomba
27/04/2020
Rede do Bem - Sempre Solidária
14/04/2020
Desinfecção no Município contra o Coronavírus
09/04/2020
DIA DA SERVA DO SENHOR – LOLA
02/04/2020
COVID-19 EM MINAS GERAIS
31/03/2020
Hospital S. Vicente de Paulo de Rio Pomba é beneficiado pelo Poder Judiciário
27/03/2020
Faça sua parte. Evite a proliferação da Dengue
25/03/2020
Campanha de Vacinação em Rio Pomba
27/12/2019
“Rede do Bem” beneficia a Sopa Popular da Divina Providência
22/12/2019
Tempo de Reflexão
21/12/2019
Feliz e Abençoado Natal à Todos!!
22/11/2019
Roberto Nogueira recebe reconhecimento do Legislativo de Juiz de Fora
   PUBLICIDADE  
 
 
 
 
   
   
® O Imparcial
Rua Quirico Marini, 55 - Rio Pomba - Minas Gerais
Telefone: 32-3571-1822 / E-mail: jornal.oimparcial@uol.com.br