PÁGINAS  
   ENQUETE  
Qual a sua preocupação com o meio ambiente?
Utiliza as lixeiras de coleta seletiva?
Tem o hábito de reciclar lixo diariamente?
Economiza energia?
Consome marcas ecologicamente corretas?


   TEMPO AGORA  
   PUBLICIDADE  
   ESTATISTICAS  
Total de Visitas: 5243654
 Online Agora: 11
Redação
Postada por:  Redação (Carmen Lúcia Marini Vieira Júlio),  em  22/12/2019 às 13h25
Compartilhar no Orkut Comentários ( 0 ) Comentar Link: Fonte
Tempo de Reflexão

22/12/2019 às 13h25

Fim de ano, tempo de balanço, festas e novos projetos de esperança.

Durante o ano que se finda a humanidade foi marcada por um tempo de incertezas, radicalização de posições políticas e fundamentalismo religioso, espírito de guerrilhas entre países, tragédias provocadas pelo homem e pela natureza, vidas perdidas ou em risco provocadas pela famigerada ganância, desespero ou pelas drogas, violências e assassinatos; além de situações críticas de desgovernos e de políticos corruptos, que particularmente no Brasil foram ou ainda estão sendo julgados na balança de “pesos e medidas” sem soluções para a condenação justa de suas penas ou carceragens.

Estamos encerrando um ano difícil e conturbado. Não somente nosso país bem como todo o Planeta. O mundo moderno nos amedronta pela perversidade dos sistemas, pela corrupção, pelo espírito de liberdade que confunde com libertinagem, pela exploração da sexualidade, pela perda dos valores éticos e morais e, sobretudo, pela falta da crença em Deus que gera desequilíbrio, indiferença, desconfiança, desamor, agressividade e violência.

De um lado, há falta de competência, de integridade, de brio, de honestidade e de honradez da Justiça, de muitos Governantes, Executivos e Legisladores, notadamente do primeiro escalão. Do outro, há a resposta da natureza à destruição de nossas matas e ao desmazelo para com a conservação de nossos recursos naturais.

Se o país como um todo está enfermo, é hora de muita reflexão, de fazer um balanço dos erros e acertos, de buscar novos rumos para a nação e para nossas vidas. É hora de olhar à nossa volta e estender a mão para aqueles que estão passando por dificuldades e, em especial, para as famílias em condições miseráveis, e para as centenas e milhares de brasileiros que perderam a segurança do emprego por causa da desvalorização da economia brasileira.

É hora de unir forças e lutar por mudanças que tragam de volta o crescimento econômico, a capacidade da geração de empregos e distribuição justa de nossas riquezas. Que a essa luta se juntem pequenos e grandes empresários, políticos de boa índole, movimentos sociais e lideranças religiosas. O Brasil só vai melhorar como nação se o Governo der supremacia para a Educação; se cada um fizer a sua parte; se cada um abrir seu coração para as necessidades dos outros; se cada liderança política se conscientizar de que o país clama por seriedade, responsabilidade, comprometimento e profundas mudanças.

Precisamos cultivar bons sentimentos, amar quem caminha conosco, ajudar os outros a serem felizes – na família, no trabalho, na escola, na comunidade. Cultivar bons sentimentos significa distribuir amor, esperança, carinho, confiança e plena realização daqueles que nos cercam. Uma boa corrente de bons sentimentos pode transformar o mundo, evitar injustiças, destruir egoísmos, irradiar esperança. Por tudo isso que vem acontecendo à nossa volta é que se evidencia a importância de recuperar-se a família, dando um sentido autêntico à existência humana para uma vida solidária, aberta ao diálogo, ao amor, ao perdão, à paz. O fortalecimento da fé e da espiritualidade é o meio mais viável para romper barreiras e abrir novos caminhos.

O tempo do Natal é renascimento, é fonte de vida e esperança, e sua celebração possui forças que nos atraem, levando-nos em direção às necessidades de nossos irmãos, através do amor e da generosidade.

O projeto de esperança se revela no desejo de mudança, presente no espírito humano, e que se renova com mais força a cada troca de calendário. É uma tentativa de abandonar no passado todos os dissabores, tudo aquilo que de alguma maneira não correspondeu às expectativas e planos, e lançar-se esperançoso em uma realidade construída no dia a dia por cada um de nós em direção ao futuro.

Que as luzes do Natal irradiem no coração de todos a paz, o amor fraternal, a justiça e a solidariedade.


 






Avaliação (Vote clicando) - 0 voto(s)
 (0.00)
12345678910

Deixar Comentário

[ 0 ] comentário(s)

Nenhum Comentário ou aguardando aprovação



 
.:: Mais Notícias sobre Redação
03/07/2020
Câmara Municipal inicia obra de sua futura sede
03/07/2020
Brasil chega à marca de 1,5 milhão de casos confirmados de Covid-19
29/06/2020
Estado amplia medidas restritivas a municípios
16/06/2020
Festividades do Padroeiro
16/06/2020
Governo Federal está colocando mais de 130 mil vidas em risco com corte na verba...
08/06/2020
Flexibilização de setores empresariais na cidade
23/05/2020
Paróquia do Rosário promove “Live Solidária”
19/05/2020
Muito êxito e repercussão nas primeiras “Lives” em Rio Pomba
06/05/2020
Caso confirmado da Covid-19 em Rio Pomba
27/04/2020
Rede do Bem - Sempre Solidária
14/04/2020
Desinfecção no Município contra o Coronavírus
09/04/2020
DIA DA SERVA DO SENHOR – LOLA
02/04/2020
COVID-19 EM MINAS GERAIS
31/03/2020
Hospital S. Vicente de Paulo de Rio Pomba é beneficiado pelo Poder Judiciário
27/03/2020
Faça sua parte. Evite a proliferação da Dengue
25/03/2020
Campanha de Vacinação em Rio Pomba
27/12/2019
“Rede do Bem” beneficia a Sopa Popular da Divina Providência
22/12/2019
Tempo de Reflexão
21/12/2019
Feliz e Abençoado Natal à Todos!!
22/11/2019
Roberto Nogueira recebe reconhecimento do Legislativo de Juiz de Fora
   PUBLICIDADE  
 
 
 
 
   
   
® O Imparcial
Rua Quirico Marini, 55 - Rio Pomba - Minas Gerais
Telefone: 32-3571-1822 / E-mail: jornal.oimparcial@uol.com.br