PÁGINAS  
   ENQUETE  
Qual a sua preocupação com o meio ambiente?
Utiliza as lixeiras de coleta seletiva?
Tem o hábito de reciclar lixo diariamente?
Economiza energia?
Consome marcas ecologicamente corretas?


   TEMPO AGORA  
   PUBLICIDADE  
   ESTATISTICAS  
Total de Visitas: 4729293
 Online Agora: 11
Meio Ambiente
Postada por:  Redação (Carmen Lúcia Marini Vieira Júlio),  em  03/12/2019 às 19h50
Compartilhar no Orkut Comentários ( 0 ) Comentar Link: Fonte
Grupo que monitora óleo no litoral brasileiro afirma que situação é estável
Segundo o Ibama, já foram encontrados vestígios do óleo em 803 pontos do litoral até o momento

03/12/2019 às 19h50

Repórter Cintia Moreira

 A situação das manchas de óleo, que já atingiu todo o litoral do Nordeste, além de trechos do Espírito Santo e do Rio de Janeiro, é estável. A informação foi divulgada pelo Grupo de Acompanhamento e Avaliação (GAA), que é composto pela Marinha, pelo Ibama e pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Segundo o coordenador operacional do grupo, almirante Marcelo Francisco Campos, há mais de 20 dias não são encontradas manchas de óleo bruto no mar. A quantidade de fragmentos que continua chegando às praias, mangues, costões e outros habitats naturais é, de acordo com Campos, cada vez menor.

O Ibama informa, no entanto, que o número de localidades atingidas tem aumentado. Até o momento, já foram encontrados vestígios do óleo em 803 pontos do litoral brasileiro. Isso ocorre por conta da fragmentação do óleo e de sua dispersão no mar.

Os riscos desta catástrofe ambiental não se restringem apenas ao meio ambiente. De acordo com a diretora da Sociedade Brasileira de Dermatologia, Cláudia Alcântara, o petróleo cru contém uma série de compostos químicos que podem ser tóxicos para a saúde humana, especialmente quando há contato direto com a pele.

A pele fica avermelhada, pode ter uma sensação de prurido, de coceira ou queimação no local. Isso ocorre por esta dermatite de contato irritativa. O que pode piorar é se essa pessoa, após esse contato, ficar exposta ao sol sem a devida proteção”, afirma.

Para alertar a população, a Sociedade Brasileira de Dermatologia lançou um guia com recomendações importantes para quem presta ajuda como voluntário, assim como para os moradores das áreas atingidas.Uma das dicas é evitar o contato com a substância, com o uso de roupas que cubram a pele, luvas, máscaras e calçados fechados. Em caso de contato direto com a substância, é importante saber que o uso de solventes para a retirada do óleo pode ser extremamente perigoso, já que esse tipo de produto pode agredir ainda mais a pele. A recomendação, nesses casos, é lavar a região atingida com água e sabão e passar um hidratante após a lavagem.






Avaliação (Vote clicando) - 0 voto(s)
 (0.00)
12345678910

Deixar Comentário

[ 0 ] comentário(s)

Nenhum Comentário ou aguardando aprovação



 
.:: Mais Notícias sobre Meio Ambiente
13/02/2020
Bolsonaro recria Conselho da Amazônia, mas exclui governadores
30/01/2020
Chuvas em Minas Gerais já causaram 55 mortes
29/01/2020
Recuperação dos Recursos Hídricos e da Biodiversidade
29/01/2020
Apoio às vítimas das chuvas em Minas Gerais
29/01/2020
Romeu Zema anuncia medidas de apoio a cidades atingidas pela chuva
24/01/2020
Plástico descartável: proibir para mudar
23/01/2020
Minas articula plano de ação de equipes de Defesa Civil para chuvas dos próximos...
10/01/2020
Lixões e aterros sanitários: um desafio permanente na vida dos brasileiros
03/01/2020
Defesa Civil Nacional disponibiliza apoio aos estados do Sudeste afetados por fo...
17/12/2019
Pescadores afetados pela mancha de óleo começarão a receber auxílio emergencial
16/12/2019
Os contaminantes emergentes – o que os olhos não veem e o corpo todo pode sentir
03/12/2019
Grupo que monitora óleo no litoral brasileiro afirma que situação é estável
23/10/2019
O Maior Desastre Ambiental
18/10/2019
Desmatamento está entre principais causas de surtos de doenças infecciosas em hu...
15/10/2019
Cartilha ensina a combater perda e desperdício de alimentos nas empresas 
05/09/2019
A questão das embalagens na sustentabilidade
04/03/2013
Codevasf investe R$ 27 milhões para revitalização de sub-bacias em Minas
   PUBLICIDADE  
 
 
 
 
   
   
® O Imparcial
Rua Quirico Marini, 55 - Rio Pomba - Minas Gerais
Telefone: 32-3571-1822 / E-mail: jornal.oimparcial@uol.com.br