PÁGINAS  
   ENQUETE  
Qual a sua preocupação com o meio ambiente?
Utiliza as lixeiras de coleta seletiva?
Tem o hábito de reciclar lixo diariamente?
Economiza energia?
Consome marcas ecologicamente corretas?


   TEMPO AGORA  
   PUBLICIDADE  
   ESTATISTICAS  
Total de Visitas: 4190735
 Online Agora: 16
Crônicas
Postada por:  Redação (Carmen Lúcia Marini Vieira Júlio),  em  25/07/2013 às 10h02
Compartilhar no Orkut Comentários ( 0 ) Comentar Link: Fonte
Accacio, esse foi o Homem
Passados os momentos tristes por ocasião do falecimento do Dr. Accacio, vamos tentar relembrar algumas coisas relativas à sua pessoa. Ele era um idealista. Mesmo tendo ocupado cargos como Secretário Adjunto de Indústria e Comércio, Presidente da CDIMG e do INDI, assessor de secretários de Estado ele ainda queria ser prefeito de Tabuleiro. A razão era que ele sonhava criar e implantar ali um distrito industrial igual aquele que ele implantou em Rio Pomba.

Passados os momentos tristes por ocasião do falecimento do Dr. Accacio, vamos tentar relembrar algumas coisas relativas à sua pessoa. Ele era um idealista. Mesmo tendo ocupado cargos como Secretário Adjunto de Indústria e Comércio, Presidente da CDIMG e do INDI, assessor de secretários de Estado ele ainda queria ser prefeito de Tabuleiro. A razão era que ele sonhava criar e implantar ali um distrito industrial igual aquele que ele implantou em Rio Pomba.

Se isso tivesse acontecido ele com sua competência e conhecimento de todos os meandros da administração pública não iria descansar até ver uma ou mais empresas ali implantadas dando empregos e rendas para Tabuleiro. E ele conseguiria isso sem dúvida. Certa vez conversando comigo em seu apartamento em Juiz de Fora ele assim me falou: “José Eloy, se eu for eleito prefeito de Tabuleiro quero que você me ajude a fazer um grande trabalho para o desenvolvimento de Tabuleiro. Não me conformo de ver aquela cidade mendigando dinheiro do Fundo de Participação dos Municípios. Alguém precisa fazer alguma coisa para melhorar essa situação”.

Secretários de Estados e até o governador gostavam que ele participasse das missões empresariais mineiras no exterior. Falando cinco línguas – alemão, italiano, francês, inglês e espanhol era muito mais fácil falar na língua local em missões oficiais. Quando trabalhei com ele na CDIMG tive oportunidade de assistir o Accacio conversando nessas línguas com os empresários do exterior que ficavam admirados de ver como Minas Gerais contava com um executivo competente e, além disso, multi-poliglota.

Apesar de toda sua competência, ele sempre foi uma pessoa extremamente simples. Quem não o conhecia de perto nem imaginava a cabeça que ele tinha para resolver todas as situações e missões que a ele eram confiadas. Tabuleiro e Rio Pomba perderam muito com sua morte, mas o Estado perdeu mais ainda. Nos dias de hoje é dificílimo ter um técnico como foi o conhecido Dr. Accacio Ferreira dos Santos Júnior. Será que no futuro Minas Gerais vai poder contar com outro igual a ele? Fica aqui essa dúvida e essa indagação.

 José Eloy dos Santos Cardoso






Avaliação (Vote clicando) - 1 voto(s)
 (10.00)
12345678910

Deixar Comentário

[ 0 ] comentário(s)

Nenhum Comentário ou aguardando aprovação



 
.:: Mais Notícias sobre Crônicas
12/09/2019
11 de setembro atinge a maioridade: Qual o legado do atentado?
29/08/2019
O Diálogo é a Base de Tudo
18/01/2019
H2O
14/05/2014
Quando me tornei mãe?
27/08/2013
A espionagem nos tempos de internet
27/08/2013
O Grande Desafio
27/08/2013
O mundo precisa de “Pai”
25/07/2013
Accacio, esse foi o Homem
24/07/2013
Dr. Accacio, o Desenvolvimentista
08/07/2013
Evitar tragédias é dever de todos
20/06/2013
HUMILDADE, EQUILÍBRIO E HONRADEZ
28/05/2013
OS ROYALTIES DA DISCÓRDIA
08/03/2013
FÓRMULA MÁGICA PARA SER MULHER E SER FELIZ
08/03/2013
COMO SER "EU"
   PUBLICIDADE  
 
 
 
 
   
   
® O Imparcial
Rua Quirico Marini, 55 - Rio Pomba - Minas Gerais
Telefone: 32-3571-1822 / E-mail: jornal.oimparcial@uol.com.br