PÁGINAS  
   ENQUETE  
Qual a sua preocupação com o meio ambiente?
Utiliza as lixeiras de coleta seletiva?
Tem o hábito de reciclar lixo diariamente?
Economiza energia?
Consome marcas ecologicamente corretas?


   TEMPO AGORA  
   PUBLICIDADE  
   ESTATISTICAS  
Total de Visitas: 4405585
 Online Agora: 13
Regional
Postada por:  Antônio Carlos Reis,  em  23/07/2013 às 16h28
Compartilhar no Orkut Comentários ( 0 ) Comentar Link: Fonte
Margarida ressalta importância de se levar mais médicos para as pequenas cidades
Assessoria de Comunicação da dep. federal Margarida Salomão

23/07/2013 às 16h28

As cidades brasileiras de menor porte têm uma série de desafios em comum. Na Zona da Mata mineira, isso não é diferente. A deputada federal Margarida Salomão tem visitado frequentemente estes municípios. Nas conversas com os prefeitos, vereadores e população, um problema tem assumido especial destaque: a dificuldade de se conseguir contratar médicos para trabalhar nos e hospitais e unidades de saúde locais.

De acordo com o Ministério da Saúde, há hoje no país um déficit de cerca de 54 mil médicos, notado em especial no interior do país. Para a parlamentar, este é um desafio que o país tem que enfrentar, atuando na forma de política pública.

“Garantir médicos nas menores cidades é uma forma eficaz de garantir melhorias na saúde destes locais. É certamente necessário focar na atenção básica, humanizada, mas a presença destes profissionais é essencial para qualquer sistema de atendimento de saúde”, diz.

Neste sentido, a parlamentar salienta a importância de duas medidas anunciadas recentemente pelo Governo Federal. Na semana passada, o Ministério da Educação noticiou a abertura de 10 mil novas vagas de residência médica. Além disso, o Ministério da Saúde já deu início ao Programa de Valorização dos Profissionais na Atenção Básica (Provab), pelo qual paga uma bolsa, complementada pelos municípios, para que médicos formados permaneçam em cidades e localidades há mais demanda.

“De todo modo, esta é uma questão que ainda exigirá muito debate no país. A sinalização da vinda de médicos estrangeiros é positiva. Trata-se de uma experiência já aprovada em outros países. Contudo, uma certificação de formação é mais do que necessária, como entidades profissionais têm requerido e o governo concordado”, conclui.



 






Avaliação (Vote clicando) - 0 voto(s)
 (0.00)
12345678910

Deixar Comentário

[ 0 ] comentário(s)

Nenhum Comentário ou aguardando aprovação



 
.:: Mais Notícias sobre Regional
29/10/2019
Tempo Chuvoso
11/10/2019
Mapa do Turismo 2019 aponta potencial em 70 municípios da Zona da Mata e Vertent...
11/09/2019
IBGE aponta crescimento populacional nas maiores cidades da Zona da Mata e Verte...
05/09/2019
Parceria entre o Município e o SICOB-Guarani Cred
31/08/2019
ENERGISA Obras seguem a todo vapor pelos municípios de Minas
23/08/2019
Margarida Salomão defende retomada do projeto do contorno ferroviário em Juiz de...
18/01/2019
Período de chuvas
15/05/2014
Trabalho sobre saúde intestinal de aves é premiado
26/11/2013
Desfile Cívico em Paiva
18/11/2013
III Conferência Municipal de Assistência Social em Paiva
27/08/2013
Para Margarida, resolução do MEC vai garantir mais qualidade para educação da Zo...
24/07/2013
Reitor empossa diretores dos campus Barbacena, Juiz de Fora e Rio Pomba
23/07/2013
Margarida ressalta importância de se levar mais médicos para as pequenas cidades
01/07/2013
Zona da Mata se une pelo Aeroporto Regional em evento em Juiz de Fora
08/03/2013
Assembleia inicia seus trabalhos em 2013
15/02/2013
PROERD EM AÇÃO
   PUBLICIDADE  
 
 
 
 
   
   
® O Imparcial
Rua Quirico Marini, 55 - Rio Pomba - Minas Gerais
Telefone: 32-3571-1822 / E-mail: jornal.oimparcial@uol.com.br