PÁGINAS  
   ENQUETE  
Qual a sua preocupação com o meio ambiente?
Utiliza as lixeiras de coleta seletiva?
Tem o hábito de reciclar lixo diariamente?
Economiza energia?
Consome marcas ecologicamente corretas?


   TEMPO AGORA  
   PUBLICIDADE  
   ESTATISTICAS  
Total de Visitas: 4521301
 Online Agora: 5
Nacionais
Postada por:  Redação (Carmen Lúcia Marini Vieira Júlio),  em  04/07/2013 às 16h59
Compartilhar no Orkut Comentários ( 0 ) Comentar Link: Fonte
Justiça Eleitoral cancela mais de 1,3 milhão de títulos
A Justiça Eleitoral cancelou 1.354.067 títulos dos eleitores que não votaram e não justificaram a ausência nas últimas três eleições. O prazo para regularização expirou no dia 25 de abril. Do total de 1.514.621 títulos passíveis de regularização, 155.663 ou 10,27% foram regularizados. Detentor do maior número de eleitores com o título passível de regularização, (372.691), o Estado de São Paulo registrou 41.375 pessoas que procuraram os cartórios eleitores para solucionar a situação.

04/07/2013 às 16h59

A Justiça Eleitoral cancelou 1.354.067 títulos dos eleitores que não votaram e não justificaram a ausência nas últimas três eleições. O prazo para regularização expirou no dia 25 de abril. Do total de 1.514.621 títulos passíveis de regularização, 155.663 ou 10,27% foram regularizados. Detentor do maior número de eleitores com o título passível de regularização, (372.691), o Estado de São Paulo registrou 41.375 pessoas que procuraram os cartórios eleitores para solucionar a situação. Em segundo lugar ficou o Rio de Janeiro com 13.735 títulos regularizados. A relação com nomes e inscrições dos eleitores faltosos foi publicada desde o dia 20 de fevereiro nos cartórios eleitorais de todo o país e os eleitores também puderam consultar sua situação no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), na opção “Serviços ao eleitor”. A obrigação de regularizar o título não incluiu os eleitores chamados facultativos, ou seja, aqueles com menos de 18 anos e mais de 70 anos, além dos analfabetos e pessoas com deficiência para as quais o cumprimento das obrigações eleitorais seja impossível ou extremamente oneroso.

A Justiça Eleitoral promove o cancelamento do título dos eleitores faltosos no ano seguinte ao ano eleitoral. Por essa razão, o Distrito Federal realizou a  última regularização em 2011, uma vez que os eleitores do DF não votam nas eleições municipais.

Cancelamentos em 2011

Segundo a legislação, o eleitor que tiver o título cancelado ficará excluído da participação no pleito e, sem a prova de que exerceu o voto, justificou a falta ou pagou a respectiva multa, poderá ser impedido de obter passaporte ou carteira de identidade, receber salários de função ou emprego público e obter certos tipos de empréstimos e inscrição. A irregularidade também pode gerar dificuldades para investidura e nomeação em concurso público, renovação de matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo e obtenção de certidão de quitação eleitoral ou qualquer documento perante repartições diplomáticas a que estiver subordinado.

Quem não regularizou o título a tempo e constatar que teve seu documento cancelado deverá, a partir de agora, procurar um cartório eleitoral para normalizar a situação. O eleitor poderá reativar o título, inclusive com o mesmo número do que foi cancelado, após apresentar um documento de identificação, um comprovante de residência e preencher o Requerimento de Alistamento Eleitoral (RAE), além de pagar eventuais multas a fim de ficar quite com a Justiça Eleitoral e obter novamente o seu direito ao voto.

 

Justiça Eleitoral – Assessoria de Imprensa






Avaliação (Vote clicando) - 0 voto(s)
 (0.00)
12345678910

Deixar Comentário

[ 0 ] comentário(s)

Nenhum Comentário ou aguardando aprovação



 
.:: Mais Notícias sobre Nacionais
03/12/2019
Mais de 15 milhões de eleitores ainda não fizeram biometria para as próximas ele...
29/11/2019
Expectativa de vida dos brasileiros sobe para 76,3 anos
29/11/2019
Dia Internacional da Pessoa com Deficiência: o que levar em conta na hora de pro...
29/11/2019
Bolsonaro sanciona projeto que permite interceptação na correspondência de preso...
27/11/2019
Brumadinho: em dez meses, bombeiros encontram cerca de 95% das vítimas da tragéd...
11/11/2019
Extrema pobreza no Brasil cresce e atinge 13 milhões de pessoas em 2018
18/10/2019
Estado e municípios mineiros receberão dinheiro com o leilão do pré-sal
15/10/2019
Internet, Vínculos e Felicidade
03/10/2019
CONTA DE LUZ: Bandeira tarifária será amarela em outubro
18/09/2019
Semana Nacional de Trânsito
05/09/2019
Brasil - Mais de 210 milhões de habitantes, estima IBGE
08/08/2019
Paternidade: o que muda na carreira dos homens que se tornam pais?
01/08/2019
Chegada do homem à lua é homenageada em selo
18/01/2019
Maioria das rodovias brasileiras são inseguras e apresentam mau estado de conser...
29/12/2014
Igreja Católica no Brasil ganha mais um santuário
26/11/2013
Dia da Árvore: Um futuro mais verde para o Brasil
22/11/2013
Doações atenderam mais de 330 mil famílias no primeiro semestre
22/11/2013
IDHM seria melhor com avanço  da política de resíduos sólidos
18/10/2013
Energia elétrica sem desperdício
18/10/2013
Uma catadora em Paris: Coleta Solidária vira exemplo mundial
   PUBLICIDADE  
 
 
 
 
   
   
® O Imparcial
Rua Quirico Marini, 55 - Rio Pomba - Minas Gerais
Telefone: 32-3571-1822 / E-mail: jornal.oimparcial@uol.com.br